XXIV Jornadas da ANDAR marcadas pela abordagem holística da artrite reumatóide

3 de Abril 2024

É já no dia 10 de abril que a ANDAR - Associação Nacional dos Doentes com Artrite Reumatóide vai realizar as suas XXIV Jornadas, no Altis Hotel, em Lisboa.

O evento, que conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República, tem como objetivo principal promover o debate e divulgar informações cruciais relacionadas com a artrite reumatóide, bem como fortalecer a rede de apoio aos pacientes afetados por aquela condição.

Este ano, as jornadas ganham um significado especial, ocorrendo logo após o Dia Nacional dos Doentes com Artrite Reumatóide, celebrado a 5 de abril (data da fundação da ANDAR).

Para António Vilar, reumatologista e fundador da A.N.D.A.R., “o programa destas jornadas será marcado pela abordagem holística da doença, explorando vários temas como as intervenções não medicamentosas, como o exercício físico, a alimentação saudável e a saúde mental, cujo impacto no desencadear da doença parece ser cada vez mais provável. Além disso, ainda serão discutidos os “velhos” e os “novos” tratamentos, explorando a evolução dos mesmos e oferecendo uma visão abrangente das opções disponíveis para os doentes com artrite reumatóide”.

A destacar ainda a valorização da comunicação com sessões dedicadas a aprender a dialogar com o seu médico e a transmitir os sintomas de forma clara e eficaz, tanto do ponto de vista do paciente como do reumatologista.

Arsisete Saraiva, presidente da A.N.D.A.R, defende que as XXIV Jornadas são “um passo firme na missão de unir esforços para melhorar a qualidade de vida dos doentes com artrite reumatóide em Portugal”. “Mais do que a abordagem à componente física, estamos empenhados em promover o acesso a informações atualizadas, tratamentos eficazes e a ferramentas que promovam o bem-estar emocional e social de todos os que são afetados por esta doença.”

Em Portugal, haverá cerca de 70.000 doentes com artrite reumatóide, uma doença inflamatória crónica que se caracteriza pela inflamação das articulações (principalmente mãos, punhos, joelhos e pés), mas que pode afetar todos os nossos órgãos e sistemas. Se não for tratada atempadamente, pode levar à destruição dos tecidos, com incapacidade potencialmente elevada e mortalidade aumentada. Os primeiros sintomas tendem a aparecer nas idades entre os 30 e os 50 anos e a prevalência é maior nas mulheres.

As XXIV Jornadas A.N.D.A.R são um testemunho do compromisso da associação em promover o bem-estar e a qualidade de vida dos doentes com artrite reumatóide, através da partilha de conhecimento, do apoio mútuo e da defesa dos seus direitos. Para participar e assistir, é necessário inscrever-se no site da A.N.D.A.R ou contactar Arsisete Saraiva.

PR/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Carolina Guedes sobre a LisbonPH: “Somos o paradigma da mudança no setor da Saúde”

A LisbonPH, associação sem fins lucrativos fundada por estudantes empreendedores, organiza esta sexta-feira um evento comemorativo do seu décimo aniversário. Através do desenvolvimento de projetos focados no Profissional de Saúde, a associação tem trabalhado para ser o “paradigma da mudança no setor da saúde”. Em entrevista ao nosso jornal, a Presidente Executiva sublinhou alguns dos principais desafios e revelou as metas para a próxima década.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights