Ordem dos Farmacêuticos saúda abertura ao diálogo do Ministério da Saúde

22 de Abril 2024

O bastonário da Ordem dos Farmacêuticos manifestou-se esta segunda-feira preocupado com a “degradação da resposta do Serviço Nacional de Saúde e a falta de valorização dos profissionais”, saudando a abertura da ministra da Saúde, Ana Paula Martins, ao diálogo.

“Foi uma reunião muito positiva. A ministra [da Saúde] e toda a equipa ministerial mostraram abertura para ouvir as ordens, para ter em consideração as preocupações das ordens profissionais”, adiantou aos jornalistas Hélder Mota Filipe à saída de uma reunião no Ministério da Saúde.

De acordo com Hélder Mota Filipe o encontro de hoje com Ana Paula Martins permitiu também “discutir um conjunto de aspetos relacionados com desenvolvimento da área do medicamento, do “ponto de vista da indústria farmacêutica, mas também da garantia do acesso aos cuidados de saúde e aos cuidados farmacêuticos em particular”.

“É fundamental que o Ministério [da Saúde] e o Governo tenham em consideração a degradação que tem acontecido do ponto de vista das condições, tanto do ponto de vista salarial, de progressão da carreira, mas também das condições de funcionamento dos próprios serviços e das condições dadas aos profissionais para exercer adequadamente as suas funções. Pareceu-nos haver abertura para discutirmos de forma aprofundada este aspeto”, salientou.

A equipa do ministério da Saúde inicia hoje um conjunto de reuniões com as ordens profissionais do setor, numa semana marcada também pelo arranque das negociações com os sindicatos.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Esclerose Múltipla

Cristiana Lopes Martins, fisiatra nos hospitais de Portimão e Lagos (Unidade Local de Saúde do Algarve) e na Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano; Eduarda Afonso, fisiatra no hospital de Faro (Unidade Local de Saúde do Algarve)

Enfermeiros querem reunir com António Gandra d’Almeida

O Sindicato Nacional dos Enfermeiros (SNE) saudou esta quarta-feira a eleição de António Gandra d’Almeida como novo diretor executivo do Serviço Nacional de Saúde. Em declarações ao nosso jornal, o responsável afirmou que vai solicitar uma reunião com António Gandra d’Almeida e a nova equipa.

Fernando Araújo: Autorizações para contratar médicos “têm demorado menos que três dias úteis”

Na comissão parlamentar de Saúde, esta quarta-feira, Fernando Araújo apresentou os feitos da reforma do Serviço Nacional de Saúde e da equipa que liderou enquanto diretor executivo. A reforma “tem conseguido alterar esta burocracia, estes patamares administrativos, estes tempos que eram incomportáveis na gestão do SNS”, tendo decorrido com o envolvimento dos profissionais: “de baixo para cima”.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights