DGS considera que há todas as condições para 25 de Abril no parlamento

21 de Abril 2020

Lisboa, 21 abr 2020 (Lusa) – A Direção-Geral da Saúde considera que há todas as condições de segurança e controlo de infeção para comemorar “com dignidade” os 46 anos do 25 de Abril na Assembleia da República no contexto da pandemia da covid-19.

Lisboa, 21 abr 2020 (Lusa) – A Direção-Geral da Saúde considera que há todas as condições de segurança e controlo de infeção para comemorar “com dignidade” os 46 anos do 25 de Abril na Assembleia da República no contexto da pandemia da covid-19.

“O próprio parlamento tomou todas as medidas necessárias e suficientes para cumprir as regras que estão estabelecidas para eventos deste tipo”, afirmou a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, na conferência de imprensa diária de acompanhamento da pandemia em Portugal.

Graça Freitas salientou que o plano de contingência para a covid-19 da Assembleia da República inclui “todas as condições que permitem assegurar a cerimónia com a dignidade que esta merece e, obviamente, cumprindo regras de segurança e de controlo de infeção e distanciamento social”.

Na segunda-feira, a DGS reuniu-se com os serviços do parlamento para discutir as comemorações da revolução de 1974, um encontro que Graça Freitas descreveu como “perfeitamente pacífico”, sem qualquer problema que “já não estivesse previsto pelo parlamento”.

As comemorações poderão até “servir de exemplo” para os cidadãos, considerou.

Devido às restrições impostas pela pandemia de covid-19, a Assembleia da República decidiu na quarta-feira passada realizar a sessão solene do 25 de Abril no parlamento com um terço dos deputados (77 dos 230 parlamentares) e menos convidados, com o gabinete do presidente do parlamento, Ferro Rodrigues, a estimar que estejam presentes cerca de 130 pessoas, contra as 700 do ano passado.

A decisão da conferência de líderes teve o apoio da maioria dos partidos: PS, PSD, BE, PCP e Verdes. O PAN defendeu o recurso à videoconferência, a Iniciativa Liberal apenas um deputado por partido, enquanto o CDS-PP – que propôs uma mensagem do Presidente da República ao país – e o Chega foram contra.

Portugal regista 762 mortos associados à covid-19 em 21.379 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

A nível global, segundo um balanço da AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 170 mil mortos e infetou quase 2,5 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

APN(FM) // ZO

Lusa/fim

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

APDI dedica mês de maio à consciencialização para a Doença Inflamatória do Intestino (DII)

A APDI – Associação Portuguesa da Doença Inflamatória do Intestino, colite ulcerosa, doença de Crohn está a dedicar, mais uma vez, o mês de maio à consciencialização para a Doença Inflamatória do Intestino (DII) seguindo as indicações da EFFCA – Federação Europeia das  Associações de Doença de Crohn e Colite Ulcerosa que neste ano de 2024 escolheu como mote “A  DII não tem fronteiras”.

Nuno Jacinto: “A Medicina Geral e Familiar tem um papel central em todos os sistemas de saúde”

O presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) reforçou a importância da especialidade na promoção da saúde e prevenção da doença. No âmbito do Dia Mundial do Médico de Família, Nuno Jacinto falou ao HealthNews sobre os constragimentos que estes profissionais de saúde enfrentam e dos desafios que os cuidados de saúde primários enfrentam em Portugal.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights