Taxa de contágio na Alemanha volta a subir para 1,0

28 de Abril 2020

O Instituto Robert Koch (RKI) revelou que a taxa de contágio na Alemanha voltou a subir para 1,0, registando-se um total de 156.337 casos diagnosticados no país, um aumento de 1.144 em relação ao dia anterior

De acordo com a entidade responsável pela prevenção e controlo de doenças, uma pessoa infetada pode contagiar outra pessoa. Este valor já se situou abaixo do 1,0 e é um dos mais importantes para controlar o abrandamento ou não das medidas de contenção no país.

O RKI calcula uma subida do número de vítimas mortais de 163 para um total de 5.913. O valor de novos casos curados é hoje mais do dobro das novas infeções, isto é, uma subida de 2.900 para um total de 117.400.

O governo de Angela Merkel acredita ser difícil que os alemães possam passar as férias de verão no estrangeiro este ano, mas defende o turismo interno.

“As grandes viagens ao exterior não devem ser possíveis. Tudo aponta para um programa de férias dentro de fronteiras, isso sim, acredito que seja exequível este verão”, sublinhou o responsável de turismo do ministério da Indústria, Thomas Barreias, depois de uma videoconferência com os seus colegas da União Europeia.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 210 mil mortos e infetou mais de três milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Mais de 818 mil doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), encerraram o comércio não essencial e reduziram drasticamente o tráfego aéreo, paralisando setores inteiros da economia mundial.

Face a uma diminuição de novos doentes em cuidados intensivos e de contágios, alguns países começaram, entretanto, a desenvolver planos de redução do confinamento e em alguns casos, como Dinamarca, Áustria, Espanha ou Alemanha, a aliviar algumas das medidas.

LUSA/RH

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

OMS lança iniciativa SPECS 2030

A Organização Mundial de Saúde (OMS) acaba de lançar a iniciativa SPECS 2030, inserida na Global SPECS Network que tem como principal objetivo unir uma rede global de participantes para atingir a meta global do erro refrativo para 2030, que consiste no aumento de 40% na cobertura efetiva desta patologia.

Os enfermeiros (também) são cientistas

Lara Cunha: Enfermeira Especialista em Enfermagem Médico-cirúrgica; Research Fellow na Unidade de Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra

49% das deslocações forçadas no mundo ocorrem em África

Conflitos, alterações climáticas, pobreza extrema e insegurança alimentar fazem disparar deslocações forçadas no continente africano e irão obrigar mais de 65 milhões de pessoas a fugir das suas casas até ao final de 2024. Subfinanciamento surge como principal ameaça à ajuda humanitária.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights