PSP e GNR detiveram 101 pessoas e enceraram 226 estabelecimentos por desobediência

29 de Abril 2020

Lisboa, 28 abr 2020 (Lusa) – A PSP e a GNR detiveram, desde o início da terceira fase do Estado de Emergência, 101 pessoas por desobediência e encerraram 226 estabelecimentos comerciais por incumprimento das normas estabelecidas, informou o Ministério da Administração Interna (MAI).

Lisboa, 28 abr 2020 (Lusa) – A PSP e a GNR detiveram, desde o início da terceira fase do Estado de Emergência, 101 pessoas por desobediência e encerraram 226 estabelecimentos comerciais por incumprimento das normas estabelecidas, informou o Ministério da Administração Interna (MAI).

O MAI adianta, em comunicado, que até às 17:00 de hoje, entre as 101 pessoas detidas estão 34 por desobediência à obrigação de confinamento obrigatório, uma pessoa por desobediência ao dever especial de confinamento, 48 por desobediência ao dever geral de recolhimento domiciliário, sete por desobediência ao encerramento de instalações e estabelecimentos, uma por desobediência às regras de funcionamento do comércio a retalho, três por desobediência às regras de funcionamento na prestação de serviços e sete por resistência/coação.

Estes números juntam-se aos verificados nos dois primeiros períodos de Estado de Emergência: No primeiro período, que vigorou entre 22 de março e 02 de abril, quando se registaram 108 detenções por crime de desobediência e foram encerrados 1.708 estabelecimentos comerciais; no segundo período, que vigorou entre os dias 3 e 17 de abril, registaram-se 184 detenções por crime de desobediência e foram encerrados 432 estabelecimentos comerciais.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou cerca de 212 mil mortos e infetou mais de três milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 832 mil doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 948 pessoas das 24.322 ​​​​​​​confirmadas como infetadas, e há 1.389 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Lusa/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Relatório de saúde STADA 2024: sistemas de saúde na Europa precisam de reformas urgentes

Os sistemas de saúde europeus estão em crise e necessitam de uma reforma urgente, revela o Relatório de Saúde da STADA 2024. Este inquérito representativo, que envolveu cerca de 46.000 entrevistados em 23 países europeus, destaca que os sistemas de saúde não conseguem atender adequadamente às necessidades de muitos europeus, levando-os a assumir a responsabilidade pela sua própria saúde.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights