04/05/2020 | Consultório

Como retardar o processo de envelhecimento da pele?

Alexandra Freitas
Farmacêutica; Diretora Técnica da AMPLIPHAR

Alexandra Freitas
Farmacêutica; Diretora Técnica da AMPLIPHAR

Como retardar o processo de envelhecimento da pele?

04/05/2020 | Consultório

O envelhecimento é um processo natural que provoca alterações fisiológicas na pele. A pele envelhecida é normalmente mais seca, de textura irregular, apresenta rugas, redução da elasticidade e volume. O contorno facial pode também ser alterado durante este processo.

Por volta dos 30 anos, os primeiros sinais de envelhecimento começam a tornar-se visíveis na superfície da pele.

As rídulas ou pés-de-galinha aparecem em primeiro lugar e com o tempo as rugas, a perda de volume e de densidade.

O envelhecimento da pele está dependente de vários fatores internos e externos, como o tabaco, o stress, a alimentação e a exposição solar.

A exposição solar é um dos fatores que mais contribui para o envelhecimento precoce da pele. A exposição solar potencia o envelhecimento da pele, a tendência para a pele enrugar e secar e para o aparecimento de manchas.

A exposição ao sol constitui uma agressão que exige a ativação de vários fatores de defesa da pele. Quanto mais saudável, nutrida e hidratada estiver a pele, mais eficaz será essa defesa contra o mais potente fator pró envelhecimento, o sol.

A predisposição genética, a idade, o género ou raça podem determinar a qualidade da pele e constituem fatores intrínsecos do envelhecimento cutâneo que não controlamos.

Com o avanço da idade, a quantidade de ácido hialurónico na pele diminui, diminuindo também a hidratação e elasticidade da pele, o que contribui para o aparecimento de rugas e outros sinais de envelhecimento.

O ácido hialurónico promove a hidratação da pele, pois retém grande quantidade de água, dando à pele uma aparência firme e lisa.
Com o tempo, a pele perde ainda a capacidade de produzir colagénio e elastina, importantes para manter a firmeza e elasticidade da pele. A pele torna-se mais fina e regenera-se mais devagar.

O colagénio é a proteína mais importante do tecido conjuntivo, podendo representar até 30% do peso da proteína total do corpo e até 75% da proteína da pele. Para além das várias funções que desempenha, o colagénio une e fortalece os tecidos.

Uma rotina de beleza adequada, com os cosméticos adequados à idade e tipo de pele, a alimentação e outros cuidados ao nível do estilo de vida determinam e são importantes para uma pele “saudável”.

Como complemento dos cuidados tópicos, também os suplementos à base de colagénio, ácido hialurónico, vitaminas e minerais antioxidantes, são uma ajuda para retardar o processo de envelhecimento da pele e melhorar a aparência da pele, “tratando de dentro para fora”.

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading
Share This