Publicação de fotos nas redes sociais aumenta o risco de distúrbios alimentares?

9 de Maio 2020

O estudo, publicado no “International Journal Eating Disorders”, também descobriu que a publicação de fotos (editadas ou não) contribuía para uma maior ansiedade e reforçava o impulso para restringir a ingestão de alimentos.

Novas pesquisas revelaram uma ligação consistente e direta entre a publicação de fotos pessoais editadas no Instagram e fatores de risco para transtornos alimentares. Especificamente, editar fotos digitalmente para melhorar a aparência pessoal, antes de as colocar no Instagram, aumenta as preocupações relativas ao peso e à imagem nos estudantes universitários.

O estudo, publicado no “International Journal Eating Disorders”, também descobriu que a publicação de fotos (editadas ou não) contribuía para uma maior ansiedade e reforçava o impulso para restringir a ingestão de alimentos.

“À medida que mais pessoas recorrem às redes sociais para se manterem em contacto, é extremamente importante permitir que outras pessoas as vejam como realmente são. Numa comparação com as fotos editadas no Instagram, não vimos nenhuma diminuição do número de “likes” ou dos comentários nas fotos não editadas. Esta constatação poderá ajudar a diminuir a pressão negativa para mudar a aparência”, referiu a co-autora do estudo, Pamela K. Keal, da Universidade da Flórida, nos Estados Unidos.

Aceda ao artigo original Aqui

WileyAO

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

AlmadaCare promove cursos para preparar futuros papás

A Clínica AlmadaCare, recentemente inaugurada, está comprometida em apoiar os futuros pais na preparação para a chegada dos seus filhos. É com este objetivo que a clínica promove o workshop “GPS Amamentação”, no dia 19 de abril, e o curso “T.I.M.E. para Nascer”, nos dias 21 e 27 de abril.

Ministra da Saúde solicita relatório sobre mudanças implementadas na área da Saúde

De acordo com o Expresso, a Ministra da Saúde, Ana Paula Martins, emitiu um despacho a solicitar à DE-SNS um relatório detalhado sobre as mudanças implementadas desde o início do mandato de Fernando Araújo. O objetivo é obter informações sobre as recentes alterações levadas a cabo pela DE-SNS e compreender melhor o modelo de Unidade Local de Saúde.

ESEnfC realiza hoje Encontro Anual do Programa de Doutoramento em Enfermagem

Arnaldo Santos e Gabriele Meyer estão hoje na Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC), onde falarão, respetivamente, sobre “Liderar em ciência: processos e dinâmicas de cocriação na era global e digital” (14h30) e “Passado, Presente e Futuro das Ciências de Enfermagem” (15h30).

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights