Cuidados intensivos com taxa de ocupação estável

11 de Maio 2020

A taxa de ocupação dos cuidados intensivos com pessoas infetadas com covid-19 está estável, disse hoje o secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales.

“Temos uma taxa de ocupação estável. Neste momento a ocupação é de 53% nas unidades de cuidados intensivos para adultos”, afirmou Lacerda Sales, na conferência de imprensa diária de atualização de informação sobre a covid-19, no Ministério da Saúde.

Segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção Geral da Saúde (DGS), há 112 pessoas nos cuidados intensivos, o que representa em termos percentuais 0,2% do total de 805 pessoas internadas devido à covid-19 (2,9% da totalidade de casos infetados).

Lacerda Sales disse ainda que a taxa de letalidade global é de 4,1%.

Uma semana após o início do desconfinamento parcial, com a reabertura de alguns setores da economia, o secretário de Estado considerou que ainda não é o momento de fazer balanços, sustentando que o combate à pandemia por covid-19 “é uma maratona com obstáculos” e não “uma corrida curta e rápida”.

A diretora-geral da Saúde, por sua vez, aproveitou a fase inicial da conferência de imprensa para, mais uma vez, apelar aos pais e cuidadores para vacinarem as crianças e assim evitarem outras doenças infecciosas.

Graça Freitas agradeceu aos farmacêuticos que “têm estado ativamente a incentivar a vacinação e a retoma nos moldes em que era feita antes da emergência devido à covid-19” e aos enfermeiros que diariamente continuam a vacinar as crianças.

Portugal regista hoje 1.144 mortes relacionadas com a covid-19, mais nove do que no domingo, e 27.679 infetados, mais 98, segundo o boletim da DGS.

Em comparação com os dados de domingo, em que se registavam 1.135 mortos, hoje constatou-se um aumento de óbitos de 0,8%.

Relativamente ao número de casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus (27.679), os dados revelam que há mais 98 casos do que no domingo (27.581), representando uma subida de 0,4%.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

APDI dedica mês de maio à consciencialização para a Doença Inflamatória do Intestino (DII)

A APDI – Associação Portuguesa da Doença Inflamatória do Intestino, colite ulcerosa, doença de Crohn está a dedicar, mais uma vez, o mês de maio à consciencialização para a Doença Inflamatória do Intestino (DII) seguindo as indicações da EFFCA – Federação Europeia das  Associações de Doença de Crohn e Colite Ulcerosa que neste ano de 2024 escolheu como mote “A  DII não tem fronteiras”.

Nuno Jacinto: “A Medicina Geral e Familiar tem um papel central em todos os sistemas de saúde”

O presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) reforçou a importância da especialidade na promoção da saúde e prevenção da doença. No âmbito do Dia Mundial do Médico de Família, Nuno Jacinto falou ao HealthNews sobre os constragimentos que estes profissionais de saúde enfrentam e dos desafios que os cuidados de saúde primários enfrentam em Portugal.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights