Reguengos de Monsaraz fecha escolas e creches “por precaução”

22 de Junho 2020

As escolas e creches de Reguengos de Monsaraz vão encerrar "por precaução" a partir de segunda-feira, disse hoje o autarca do concelho onde foi detetado um surto de covid-19 num lar com 62 casos de infeção confirmados.

Em declarações à Lusa, José Calixto explicou que a decisão resultou de uma proposta da autoridade de Proteção Civil local, que foi aceite pela Autoridade de Saúde Pública, numa reunião de concertação entre as diversas entidades competentes daquela região do Alentejo.

“No fundo, trata-se apenas de uma antecipação de três dias do final do período letivo. No caso do ensino secundário, as matérias estão recuperadas e vão terminar com aulas à distância”, explicou o presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz.

Nesse sentido, serão encerrados todos os estabelecimentos da alçada do Ministério da Educação, assim como os de gestão autárquica, como as creches e atividades de apoio às famílias.

Apesar da medida preventiva, José Calixto garante que as autoridades locais não dispõem, neste momento, de dados que possam indicar a necessidade de impor uma cerca sanitária no concelho.

O presidente da Câmara e autoridade local de Proteção Civil disse também que, apesar de não ter ainda números oficiais dos últimos testes realizados, tem conhecimento que “a esmagadora maioria foram negativos”.

O autarca referia-se a mais de 100 testes que foram realizados na comunidade a pessoas que tiverem contacto com utentes ou funcionários infetados do lar da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva, onde na semana passada foi detetado um surto do vírus da covid-19.

O número total de infetados com o novo coronavírus (SARS-CoV-2) naquela instituição ascende a 62, nomeadamente 17 funcionários e 45 utentes.

Quatro dos idosos que testaram positivo para a covid-19 foram transportados por precaução para o Hospital do Espírito Santo, em Évora, sendo que um deles já teve alta.

Os restantes utentes infetados encontram-se sob vigilância no lar ou em casas de familiares, enquanto os funcionários que testaram positivo estão em isolamento nas suas residências.

Em Portugal, morreram 1.528 pessoas das 38.841 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia promove reunião de Verão em Évora

Nos próximos dias 28 e 29 de junho, a Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV) realizará a sua Reunião de Verão no Hotel Vila Galé, em Évora. O evento é uma oportunidade para dermatologistas e profissionais da área compartilharem conhecimentos, debaterem os últimos avanços na especialidade e fortalecerem laços profissionais

SIM e Secretaria da Saúde dos Açores avançam em negociações para melhorar condições de trabalho dos médicos

Os Sindicatos Médicos e a Secretaria Regional da Saúde dos Açores (SRSA) estiveram reunidos no passado dia 4 para discutir questões relacionadas com condições de trabalho dos médicos na região. Embora a reunião não tenha resultado na implementação imediata de medidas específicas para a melhoria dessas condições, diversos aspetos do processo negocial foram revistos e acordados, prometendo tornar as futuras negociações mais céleres e eficazes.

Preveris é a nova marca de prevenção em saúde

A Preveris, uma empresa do Grupo CUF, resulta da união de duas marcas de sucesso: SAGIES e Atlanticare. Com uma experiência acumulada de mais de 50 anos e o legado de experiência, rigor e confiança do Grupo CUF, esta união representa a soma desse conhecimento, numa nova marca que se coloca ao serviço da prevenção, da saúde e do bem-estar das empresas portuguesas. Operadora líder de mercado no setor da saúde ocupacional em Portugal, a Preveris é responsável por servir 25 por cento das 100 maiores empresas que atuam no nosso país.  

ENSP NOVA e NTT DATA estabelecem parceria para potenciar a inovação em saúde

A Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade NOVA de Lisboa (ENSP NOVA) e a consultora global de negócio e tecnologia NTT DATA fornalizaram esta quarta-feira um protocolo de colaboração que vai permitir impulsionar a formação avançada, o desenvolvimento de investigação e projetos de inovação na área da saúde. O objetivo é promover avanços significativos no setor.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights