África do Sul com número recorde de casos num só dia

3 de Julho 2020

A África do Sul registou 8.728 casos de covid-19 na quinta-feira, um número recorde de infeções num só dia, segundo o balanço mais recente do departamento de Saúde daquele país

Joanesburgo é a cidade mais afetada, com 22 mil casos. A província de Gauteng, que inclui a capital, Pretória, é responsável por quase 30% das infeções no país.

Com 168 mil contágios desde o início da pandemia, a África do Sul é o país com mais casos no continente africano.

O país contabilizou um total de 2.844 mortes devido à covid-19, com 95 óbitos só na quinta-feira.

Apesar de ter o sistema de saúde mais bem equipado da África Subsariana, a propagação da doença está a levar alguns hospitais ao limite, sobretudo na província de Gauteng, com mais de dois mil profissionais de saúde infetados em todo o país, segundo a agência de notícias Associated Press (AP).

Em África, há 10.390 mortos confirmados em mais de 420 mil infetados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, a Guiné Equatorial lidera em número de infeções e de mortos (2.001 casos e 32 mortos), seguida da Guiné-Bissau (1.654 casos e 24 mortos), Cabo Verde (1.301 casos e 15 mortos), Moçambique (918 casos e seis mortos), São Tomé e Príncipe (717 casos e 13 mortos) e Angola (315 infetados e 17 mortos).

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 517 mil mortos e infetou mais de 10,76 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

NR/HN/Lusa

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

APDI dedica mês de maio à consciencialização para a Doença Inflamatória do Intestino (DII)

A APDI – Associação Portuguesa da Doença Inflamatória do Intestino, colite ulcerosa, doença de Crohn está a dedicar, mais uma vez, o mês de maio à consciencialização para a Doença Inflamatória do Intestino (DII) seguindo as indicações da EFFCA – Federação Europeia das  Associações de Doença de Crohn e Colite Ulcerosa que neste ano de 2024 escolheu como mote “A  DII não tem fronteiras”.

Nuno Jacinto: “A Medicina Geral e Familiar tem um papel central em todos os sistemas de saúde”

O presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) reforçou a importância da especialidade na promoção da saúde e prevenção da doença. No âmbito do Dia Mundial do Médico de Família, Nuno Jacinto falou ao HealthNews sobre os constragimentos que estes profissionais de saúde enfrentam e dos desafios que os cuidados de saúde primários enfrentam em Portugal.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights