Revista cuidar promove webinar sobre nutrição no doente oncológico

27 de Janeiro 2021

O risco de malnutrição é algo que todos os doentes com cancro têm em comum. Os dados revelam que um em cada três destes doentes encontram-se malnutridos, um problema que, contas feitas, se estima que custe cerca de 17 mil milhões de euros por ano na União Europeia. É para este problema que se alerta, no próximo dia 27 pelas 21h00, através da sessão informativa - Nutrição Clínica no Doente Oncológico - que vai decorrer na página de Facebook da revista Cuidar, com o apoio da Fresenius e com vários intervenientes que irão desmistificar, informar e aconselhar os doentes e seus cuidadores sobre esta temática.

O programa está dividido em quatro sessões sucessivas sobre a falta de informação e acesso a cuidados nutricionais no doente oncológico, por Catarina Malheiro, editora da revista Revista Cuidar; o impacto da nutrição no doente oncológico, por Marta Carriço, Nutricionista na Fundação Champalimaud; Mitos e realidades da suplementação nutricional, por Raquel Conceição, Nutricionista da Fresenius Kabi; e o papel do enfermeiro no acompanhamento nutricional por Maria José Dias, enfermeira do IPO Porto.

O risco de malnutrição destes doentes existe devido à presença da doença, a resposta à mesma, o impacto dos tratamentos. Apesar de ser reconhecido, este é um risco nem sempre se faz acompanhar pela devida intervenção nutricional, essencial para melhorar a qualidade em oncologia. A Falta de informação e acesso a cuidados nutricionais no doente oncológico é, de resto, um dos temas em destaque nesta conversa a várias vozes. Catarina Malheiro, editora da revista Cuidar, dá início ao encontro, onde Marta Carriço, nutricionista na Fundação Champalimaud, irá falar também no Impacto da nutrição no doente oncológico.

Os Mitos e realidades da suplementação nutricional são o tema desenvolvido por Raquel Conceição, nutricionista da Fresenius Kabi, que se fará juntar ainda, neste encontro virtual, por Maria José Dias, enfermeira do IPO Porto, a quem caberá reforçar O papel do enfermeiro no acompanhamento nutricional.

Um estudo recente, publicado na revista Journal of Clinical Medicine por uma investigadora nacional, confirma a importância da avaliação nutricional no cancro, definindo-a como “essencial”, ao permitir “selecionar a intervenção nutricional adequada, com o melhor impacto possível no estado nutricional, composição corporal, eficácia do tratamento e, finalmente, redução de complicações e melhoria da sobrevida e qualidade de vida”.

De facto, a desnutrição nos doentes com cancro tem impacto, sobretudo ao nível dos resultados em saúde, traduzindo-se ainda numa carga maior para os recursos em saúde. Os cuidados nutricionais devem, por isso, ser parte integrante do tratamento do cancro.

PR/HN/João Marques

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Associação Portuguesa de Jovens Farmacêuticos junta partidos para debater o setor antes das legislativas

A Associação Portuguesa de Jovens Farmacêuticos (APJF) vai organizar, no próximo dia 26 de fevereiro, um debate público para discutir as principais preocupações do setor farmacêutico para os próximos anos. O evento “Prioridades para o Ecossistema Farmacêutico e da Saúde”, a ter lugar no Centro Ciência Viva, em Lisboa, vai reunir representantes dos partidos políticos num debate que antecede as eleições legislativas. 

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights