Homem detido na investigação a pacote suspeito em fábrica britânica de vacinas

28 de Janeiro 2021

A polícia de Kent, no sul de Inglaterra, prendeu um homem suspeito do envio de um pacote estranho que levou a evacuar uma fábrica de vacinas contra a Covid-19 em Wrexham, no País de Gales, quarta-feira, anunciaram as autoridades. 

A polícia emitiu um comunicado onde explicou que executou dois mandados de busca na localidade de Chatham e prendeu um homem de 53 anos “sob suspeita de enviar os pacotes”, mas as investigações continuam.

“Não há sinais que sugiram que exista uma ameaça em curso”, referiram as autoridades.

A Wockhardt UK, subsidiária de uma farmacêutica com sede no Mumbai proprietária da unidade fabril em Wrexham, disse ainda na quarta-feira, ao fim da tarde, que a análise do pacote suspeito tinha sido concluída com segurança e os funcionários autorizados a voltar às instalações.

Horas antes, a polícia do Norte do País de Gales tinha criado um perímetro de segurança em torno do parque industrial Wrexham Industrial Estate, cerca de 68 quilómetros a sul de Liverpool, são produzidas e armazenadas doses da vacina contra a Covid-19 da Oxford-AstraZeneca.

Em causa estava um pacote suspeito de estar armadilhado.

A vacina Oxford-AstraZeneca é uma das duas vacinas atualmente a serem administradas no Reino Unido, juntamente com a Pfizer/BioNTech.

O Reino Unido adiantou-se ao resto da Europa com uma campanha de vacinação contra a Covid-19 em grande escala para sair da crise de saúde, tendo cerca de 7,2 milhões de pessoas já recebido a primeira dose de duas doses.

O Reino Unido anunciou na quarta-feira ter registado 1.725 mortes e 25.308 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 101.887 mortes e 3.715.054 casos desde o início da pandemia Covid-19.

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 2.176.000 mortos resultantes de mais de 100 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 11.305 pessoas dos 668.951 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Centro de Saúde de Óbidos reabre na sexta-feira

O Centro de Saúde de Óbidos vai reabrir na sexta-feira, após uma requalificação de mais de meio milhão de euros financiados Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), informou a Unidade Local de Saúde (ULS) do Oeste.

Papa levado para o hospital para fazer exame médico

O Papa Francisco foi levado hoje a um centro médico ligado do hospital Gemelli, na ilha Tiberina, em Roma, para um exame médico após a audiência geral no Vaticano, disseram fontes do Vaticano à agência de notícias ANSA.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights