Presidente da Comissão Europeia diz que atraso da AstraZeneca reduziu velocidade da vacinação na UE

17 de Março 2021

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, lamentou esta quarta-feira que os atrasos na produção e entrega de vacinas da Covid-19 pela farmacêutica AstraZeneca tenha “reduzido a velocidade da campanha de vacinação na União Europeia (UE).

“A AstraZeneca, infelizmente, não cumpriu a meta de produção e entrega o que, dolorosamente, reduziu a velocidade da campanha de vacinação”, disse a líder do executivo comunitário, em conferência de imprensa.

A farmacêutica britânica comprometeu-se inicialmente a “fornecer 90 milhões de doses até final do trimestre, mas fez uma primeira redução para 40 milhões e agora a sua projeção é de reduzir para 30 milhões”, acrescentou Von der Leyen.

Se a AstraZeneca cumprir, até ao fim do mês, com o que prometeu agora, “no final do trimestre terão sido entregues 100 milhões de doses” de vacinas da Covid-19.

Ursula von der Leyen disse ainda que a BioNtech-Pfizer e a Moderna estão a cumprir os contratos celebrados, com a entrega, respetivamente, de 66 milhões de doses de vacinas e de dez milhões, “tal como foi contratado”, salientou.

A Comissão Europeia propôs hoje a criação de um livre-trânsito digital para comprovar a vacinação, testagem ou recuperação da Covid-19, visando retomar a livre circulação, um documento bilingue e com código QR que quer em vigor até junho.

Simultaneamente, Bruxelas adotou uma comunicação na qual traça o caminho a seguir com vista a um levantamento gradual das restrições na UE quando a situação epidemiológica da Covid-19 o permitir, insistindo na necessidade de coordenação.

Atualmente, há quatro vacinas contra a Covid-19 aprovadas pela Agência Europeia do Medicamento (EMA): BioNTech-Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Janssen (grupo Johnson & Johnson), sendo que esta última só estará no mercado no segundo trimestre.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Fundação BIAL: candidaturas aos apoios a projetos de investigação científica encerram a 31 de agosto

As candidaturas ao Programa de Apoios à Investigação Científica da Fundação BIAL estão abertas até ao dia 31 de agosto. Esta iniciativa destina-se a investigadores nas áreas da Psicofisiologia e da Parapsicologia, que terão a oportunidade de se candidatar a apoios financeiros que podem alcançar até 60 mil euros, sujeitando-se à avaliação dos membros do Conselho Científico da fundação.

Hospital CUF Tejo Imagiologia Cardiovascular recebe acreditação europeia

A Associação Europeia de Imagiologia Cardiovascular (EACVI) acaba de reconhecer a qualidade clínica e tecnológica do serviço de Imagiologia do Hospital CUF Tejo, atestando-o como referência na realização de ressonância magnética cardíaca, com especialização em ressonância magnética com stress. 

Unidade de Queimados da ULS de Coimbra celebra 35 anos

A Unidade de Queimados da ULS de Coimbra – a única em Portugal certificada pela European Burns Association (EBA) e uma das menos de trinta certificadas em toda a Europa como centro de queimados de alto nível – atende entre 150 a 200 doentes por ano.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights