Carlos Costa é o novo administrador do Hospital de Vila Franca de Xira

19 de Maio 2021

Carlos Andrade Costa é o novo presidente do Conselho de Administração do Hospital de Vila Franca de Xira, tendo o próprio anunciado esta quarta-feira a sua saída do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), onde exercia funções desde 2014.

“O Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE, confirma que Carlos Andrade Costa, presidente do Conselho de Administração do CHMT, foi convidado pela tutela para a transição do Hospital de Vila Franca de Xira para o setor público, enquanto hospital empresa pública e no âmbito da reversão da Parceira Pública Privada (PPP) que tem gerido esta Unidade Hospitalar”, pode ler-se no comunicado do CHMT, que agrega os hospitais de Abrantes, Tomar e Torres Novas, todos no distrito de Santarém.

Carlos Costa comunicou a cessação de funções aos funcionários do CHMT, a quem agradeceu, tendo feito notar que encerra “um dos períodos mais gratificantes” do seu percurso profissional de quase trinta anos na gestão de hospitais.

Em declarações à Lusa, fonte oficial do CHMT disse que o despacho foi assinado pelo Ministério da Saúde e Ministério das Finanças na terça-feira, dia 18 de maio, e tem efeitos a partir de hoje.

Com Carlos Andrade Costa seguem também do CHMT para a administração hospitalar de Vila Franca de Xira a enfermeira diretora do CHMT, Ana Paula Eusébio, e Bruno Ferreira, vogal do CA do CHMT.

O novo administrador, nascido em 1965, tem licenciatura em Direito e os Cursos de Administração Hospitalar, de Auditor de Defesa Nacional e Pós-graduação em Gestão de Instituições sem Fins Lucrativos, entre outros, como o de Diretor dos Serviços de Planeamento, Programação Financeira e de Assuntos Bilaterais I, no Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Na Santa Casa de Misericórdia de Lisboa foi administrador-delegado de todos os equipamentos de cariz hospitalar da instituição. Membro de Direção dos Hospitais das Forças Armadas, Carlos Costa foi o único civil a gerir hospitais militares.

O Governo procedeu a 13 de maio à classificação do Hospital de Vila Franca de Xira no Serviço Nacional de Saúde para definir o vencimento do conselho de administração, no âmbito da sua reversão para a esfera pública.

O Governo aprovou no final de abril um decreto-lei que contemplava a passagem do hospital que serve cerca de 250 mil habitantes de Alenquer, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Benavente e Vila Franca de Xira para o modelo de entidade pública empresarial.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Microbiota Vaginal

Catarina Peixinho
Médica Ginecologia/Obstetra
Hospital Pedro Hispano/ULSM

Sindicatos de enfermeiros unem-se em compromisso pela enfermagem

Cinco sindicatos de enfermeiros uniram-se esta terça-feira em compromisso pela enfermagem e redigiram um memorando de entendimento com as reivindicações conjuntas, que pretende ser “um sinal de força” para a profissão, mas também para a negociação com o futuro Governo.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights