Órgãos federais do PSOE do PM espanhol Pedro Sánchez obtêm 94,94% de apoio

17 de Outubro 2021

Os órgãos executivos federais do PSOE apresentados pelo presidente do Governo espanhol e secretário-geral dos Socialistas, Pedro Sánchez, foram este domingo eleitos com 94,94% de apoio, contra os 70,5% obtidos anteriormente.

Este é o maior apoio obtido por Pedro Sánchez como secretário-geral do PSOE desde que os órgãos foram eleitos em 2014, quando obteve 88,1% de apoio, e em 2017, altura em que o partido passava por uma forte crise interna e alcançou 70,5%.

Os 1.077 delegados no 40.º congresso do Partido Socialista espanhol (PSOE) com direito a voto elegeram hoje os órgãos do partido a nível nacional, designadamente a comissão executiva federal, o comité federal (órgão máximo entre congressos) e comité de ética e garantias, que aplica disciplina interna e resolve conflitos.

No discurso de encerramento do congresso do PSOE, Pedro Sánchez agradeceu o apoio recebido pela “grande família” do partido durante a gestão da pandemia de Covid-19, fazendo-o sentir “nos momentos mais sombrios” que “não estava só” e que os tinha a seu lado.

“Vocês deram-me força para tomar decisões tão difíceis como o confinamento do país, que permitiu salvar 500.000 vidas. Obrigado, companheiros, obrigado de coração”, disse o secretário-geral do PSOE.

Pedro Sánchez assegurou que quem estava em cargos de responsabilidades nos momentos “mais difíceis” da pandemia sentiu apoio dos camaradas do partido.

“Quando o simples era deixar arrastar pelo desânimo, vocês deram um apoio real que nos deu força”, precisou.

Sánchez recordou as noites em branco e os momentos “com o peito encolhido” pelos dramas de milhares de pessoas, momento em que mencionou o ex-ministro da Saúde Salvador Illa, que se levantou da plateia para receber os aplausos dos congressistas.

O chefe do Governo espanhol salientou também que o país lidera a superação da pandemia e da vacinação, dando conta dos rankings internacionais que indicam que Espanha ocupa o segundo lugar entre os países mais seguros contra a Covid-19 e com a maior percentagem da população vacinada.

O primeiro-ministro espanhol avançou ainda que até ao final do ano 90% da população com mais de 12 anos estará vacinada contra a Covid-19.

“Apesar dos pessimistas, conseguimos vacinar 70% da população antes do final do verão e vamos conseguir até ao final deste ano que 90% da população com mais de 12 anos esteja vacinada”, afirmou.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

IPO do Porto vai criar Conselho Consultivo do Doente

O Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto vai criar “ainda este ano” o Conselho Consultivo do Doente Oncológico, para dar voz aos utentes e contribuir para a literacia em saúde em Portugal, foi hoje anunciado.

O impacto da inflamação na DII

Enquanto na Doença de Crohn o intestino grosso tem uma inflamação que pode envolver todas as camadas da parede do intestino, na Colite Ulcerosa apenas a camada superficial do intestino grosso está inflamada.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights