Hospital de Braga fica sem urgências de cirurgia pediátrica durante a noite

29 de Junho 2022

O Hospital de Braga vai ficar, a partir de sexta-feira e por tempo indeterminado, sem urgências de cirurgia pediátrica no período noturno, revelou hoje a administração.

Em resposta enviada à Lusa, a administração adianta que, no período entre as 20:00 e as 08:00, fica apenas assegurada a observação de crianças já internadas e daquelas que foram submetidas a cirurgia nos últimos 30 dias e que recorram à Urgência por motivo relacionado com essa mesma cirurgia.

No fundo, segundo a administração, no período noturno “os cirurgiões pediátricos apenas assegurarão a prevenção interna”.

“Esta alteração surge da indisponibilidade dos médicos do Serviço de Cirurgia Geral para assegurar as observações a utentes pediátricos no período noturno, tal como sempre aconteceu até hoje, e do facto de o quadro médico do Serviço de Cirurgia Pediátrica ser composto por nove cirurgiões”, explica.

O conselho de administração ressalva que “até ao momento, e apesar dos esforços desenvolvidos, não foi possível encontrar uma solução que permita garantir a continuidade da cobertura no período noturno”, sublinhando que se encontra “a envidar todos os esforços para resolver esta situação”.

Entretanto, não há data marcada para a reabertura das urgências de cirurgia pediátrica no período noturno.

Durante o dia, de segunda a sexta-feira, a cobertura do serviço de cirurgia pediátrica na Urgência mantém-se “com presença física”.

Ao fim de semana, os médicos trabalham “em regime de prevenção”, sendo chamados ao hospital em algum caso de emergência.

O Hospital de Braga tem registado, nos últimos tempos, dificuldades para assegurar as escalas também das urgências de Ginecologia/Obstetrícia, o que já levou a alguns encerramentos daquele serviço.

Nas últimas duas semanas, aquelas urgências foram encerradas por quatro vezes, por períodos de 24 horas.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

APAH defende autonomia após ministra anunciar auditoria

 A Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH) defendeu hoje autonomia para as administrações tomarem decisões, depois de a ministra da Saúde anunciar a criação de uma comissão para auditar os conselhos de administração dos hospitais.

Enfermeiros denunciam situação “explosiva” na Linha SNS 24

A Linha SNS 24 vive uma situação “explosiva” e, entre os enfermeiros que prestam serviço nesta linha de atendimento, já se fala em paralisação. A denúncia é feita pelo Sindicato dos Enfermeiros (SE), que teve conhecimento do caso por meio de uma exposição dos enfermeiros que ali prestam serviço, em tempo parcial.

Violência contra a pessoa idosa em debate

A Câmara Municipal de Ponta Delgada (São Miguel, Açores) promove na próxima sexta-feira, às 9h30, uma palestra subordinada ao tema da consciencialização da violência contra a pessoa idosa, isto na véspera do dia mundial que lhe é dedicado pela Organização das Nações Unidas.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights