Concurso CaixaImpulse de Inovação em Saúde

6 de Março 2023

A Fundação ”la Caixa”, em conjunto com o BPI, procura os melhores projetos biomédicos inovadores, com potencial para a transferência de resultados para a sociedade nas áreas de: terapêutica, dispositivos médicos, diagnósticos ou saúde digital. Seja qual for a fase de desenvolvimento do projeto, a Fundação ”la Caixa” ajudará os projetos selecionados a criar novos produtos, serviços e empresas relacionados com as ciências da vida e da saúde.

Apresente a sua proposta à Fundação ”la Caixa” até dia 30 de Março.

  • O concurso da Fundação ”la Caixa” CaixaImpulse de Inovação em Saúde está agora aberto a candidaturas.
  • Até 700.000 euros em apoio a projetos biomédicos inovadores, em qualquer fase de desenvolvimento, com acesso a mentorias personalizadas para ajudar a definir a melhor estratégia de valorização e desenvolvimento, e fornecer um feedback constante sobre o projeto.
  • As propostas são selecionadas com base num processo rigoroso de revisão por pares de acordo com os mais elevados padrões de qualidade, imparcialidade, objetividade e transparência.

A Fundação ”la Caixa”, em conjunto com o BPI, procura os melhores projetos biomédicos inovadores, com potencial para a transferência de resultados para a sociedade nas áreas de: terapêutica, dispositivos médicos, diagnósticos ou saúde digital. Seja qual for a fase de desenvolvimento do projeto, a Fundação ”la Caixa” ajudará os projetos selecionados a criar novos produtos, serviços e empresas relacionados com as ciências da vida e da saúde.

Para o concurso, as propostas de projeto devem ser apresentadas a uma das 3 etapas que compõem o programa, estabelecidas dependendo da natureza e maturidade dos projetos e com um período máximo de execução de 24 meses. Cada etapa fornece um itinerário específico de financiamento e formação:

  • Etapa 1: destina-se a apoiar projetos que estejam a gerar uma prova de conceito para um ou mais potenciais ativos e a iniciar a procura de proteção dos direitos de PI, podendo solicitar apoio financeiro até 50.000€.
  • Etapa 2: destina-se a apoiar projetos que já tenham gerado uma hipótese de valor para os seus ativos através da validação da prova de conceito, que necessitem de validação e desenvolvimento adicionais, e que estejam a aperfeiçoar o design do protótipo, podendo solicitar apoio financeiro até 150.000€.
  • Etapa 3: destina-se a apoiar projetos que estejam em fase de registo regulamentar e necessitem de uma caracterização avançada dos ativos, estejam a desenvolver planos de negócios e de exploração, podendo solicitar apoio financeiro até 500.000 €.

Além disso, todas as etapas oferecem apoio não financeiro que inclui o apoio personalizado de mentores, consultores, e formação especializada em diferentes áreas e atividades em rede.

Sonia Royo © Fundação ”la Caixa”

Os projetos poderão candidatar-se a qualquer uma das etapas e, uma vez selecionados, avançar subsequentemente para a etapa seguinte após cumprirem os objetivos necessários e submetidos a uma avaliação por especialistas independentes.

Tanto os projetos individuais como os projetos em consórcio de investigação são elegíveis, desde que os beneficiários sejam uma entidade jurídica do setor público ou sem fins lucrativos que detenha ou co-detenha o(s) ativo(s) resultante(s) da investigação científica e esteja localizado e registado em Espanha ou Portugal. Empresas estabelecidas não poderão fazer parte das organizações colaboradoras que levam a cabo as atividades do projeto.

No caso de consórcios, além da instituição candidata, é permitido um máximo de 4 membros. Estes membros devem ser instituições do setor público ou sem fins lucrativos da UE, ou de estados não membros da UE, elegíveis ao abrigo da legislação da UE.

O sistema de candidatura online fornecerá ao candidato orientações específicas para avaliar o nível de maturidade do projeto, garantindo que o candidato poderá escolher a etapa mais adequada para apresentar a sua candidatura.

Pretende-se distribuir os montantes de acordo com as necessidades e objetivos descritos na proposta e as sugestões feitas pelo Comité de Avaliação.

Para além do apoio financeiro, cada uma das etapas oferece um itinerário específico de apoio, que inclui formação especializada em valorização e competências empresariais (por exemplo, gestão de projetos, valorização tecnológica, negociação de acordos de licença, criação de empresas e angariação de fundos). Mentorias para ajudar a orientar o avanço das atividades, bem como a criar colaboração e oportunidades de negócio, e aconselhamento especializado de acordo com as necessidades especificas do projeto.

Durante o processo de avaliação, não constituirá critério de seleção o facto de as propostas serem apresentadas com carácter individual ou de consórcio de investigação. Os únicos critérios de seleção válidos para avaliar as propostas são os descritos nas bases do concurso (disponíveis apenas em inglês).

Candidatos:

A instituição candidata será a entidade proprietária ou co-proprietária do(s) ativos(s), cuja atividade principal está localizada e registada em Espanha ou Portugal. As instituições candidatas devem ser organizações do sector público ou sem fins lucrativos, incluindo universidades e fundações universitárias, centros de investigação, centros tecnológicos, hospitais, e fundações hospitalares.

O chefe de projeto deve estar ligado à instituição candidata com qualificações terciárias (licenciado, professor ou doutor), mas não precisa ser o líder da investigação, ou seja, o investigador principal, que gerou o ativo.

Os pormenores relativos aos critérios de elegibilidade e à documentação necessária ao preenchimento da candidatura podem ser consultados nas bases do concurso (disponíveis apenas em inglês).

Projetos em curso: Os projetos anteriormente subvencionados nas edições CaixaResearch Validate podem candidatar-se exclusivamente à etapa 3 do presente convite com o(s) mesmo(s) ativo(s). Os projetos que foram subvencionados nos convites CaixaResearch Consolidate não são elegíveis para este convite.

Seleção de projetos: As propostas serão selecionadas com base num processo rigoroso, conduzido de acordo com os mais elevados padrões de qualidade, imparcialidade, objetividade e transparência.

O processo consiste numa fase inicial de pré-seleção de propostas, mediante uma avaliação por pares realizada remotamente, e numa segunda fase de entrevistas presenciais, realizada por Comissões de Seleção de cada área de negócio.

Mais informação: https://fundacaolacaixa.pt/pt/concurso-caixaimpulse-inovacao-saude-descricao-programa

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

ULS de Braga celebra protocolo com Fundação Infantil Ronald McDonald

A ULS de Braga e a Fundação Infantil Ronald McDonald assinaram ontem um protocolo de colaboração com o objetivo dar início à oferta de Kits de Acolhimento Hospitalar da Fundação Infantil Ronald McDonald aos pais e acompanhantes de crianças internadas nos serviços do Hospital de Braga.

DE-SNS mantém silêncio perante ultimato da ministra

Após o Jornal Expresso ter noticiado que Ana Paula Martins deu 60 dias à Direção Executiva do SNS (DE-SNS) para entregar um relatório sobre as mudanças em curso, o HealthNews esclareceu junto do Ministério da Saúde algumas dúvidas sobre o despacho emitido esta semana. A Direção Executiva, para já, não faz comentários.

FNAM lança aviso a tutela: “Não queremos jogos de bastidores nem negociatas obscuras”

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) disse esta sexta-feira esperar que, na próxima reunião com o Ministério da Saúde, “haja abertura para celebrar um protocolo negocial”. Em declarações ao HealthNews, Joana Bordalo e Sá deixou um alerta à ministra: ” Não queremos jogos de bastidores na mesa negocial. Não queremos negociatas obscuras.”

SNE saúda pedido de relatório sobre mudanças implementadas na Saúde

O Sindicato Nacional dos Enfermeiros (SNE) afirmou, esta sexta-feira, que vê com “bons olhos” o despacho, emitido pela ministra da Saúde, que solicita à Direção-Executiva do Serviço Nacional de Saúde (DE-SNS) um relatório do estado atual das mudanças implementadas desde o início de atividade da entidade.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights