Enfermeiros Unidos: “A nossa lista foi excluída de uma forma imoral e ilegal.”

24 de Outubro 2023

"A nossa lista foi excluída, e foi excluída de uma forma imoral e ilegal." Estas palavras proferidas por Mário André Macedo, candidato a bastonário, ecoam como um alerta à comunidade dos enfermeiros e à sociedade em geral.

No seguimento da exclusão da lista dos Enfermeiros Unidos da candidatura à Ordem dos Enfermeiros, Mario Macedo fez um pronunciamento enfático num vídeo partilhado nas redes sociais nesta segunda-feira, denunciando a exclusão como uma ação que não só carece de ética, mas que também desafia a legalidade.

Mário Macedo expressou a sua indignação em relação à exclusão, argumentando que os Enfermeiros Unidos deveriam ter sido notificados dentro de “10 dias úteis”, um prazo que expirou na segunda-feira, dia 16. Além disso, destacou o comunicado emitido pela Ordem dos Enfermeiros, que só ocorreu após a denúncia da exclusão e que não nomeava a lista em questão, como um ato de desrespeito e arrogância.

Mário André Macedo afirmou que os Enfermeiros Unidos estão preparados para lutar pela classe e pela democracia. “Estamos tristes, não apenas pela nossa exclusão, mas por este ataque à democracia. Por este ataque ao respeito que os enfermeiros merecem. Esta é uma luta pelos enfermeiros, pela democracia e pela liberdade. É uma luta para que a lei não possa ser manipulada em benefício da opressão.”

Reconhecendo as falhas e a inexperiência na gestão dos prazos, Mário Macedo diz que esta luta transcende as diferenças de projetos sobre o futuro da enfermagem. É uma batalha pela liberdade e pelo triunfo da lei. Os Enfermeiros Unidos, querem uma Ordem transparente, democrática e independente, onde a voz de todos seja ouvida.

“A partir de agora, o assunto seguirá as vias legais, e será decidido por quem de direito. No entanto, é de suma importância que enfermeiros e a comunidade estejam cientes do que está a acontecer”, referem em comunicado enviado à redação.

Ler o comunicado integral aqui aqui

PR/HN/AL

 

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Trabalhadores do Hospital de Braga não querem regressar à Parceria Público-Privada

Os trabalhadores do Hospital de Braga não querem regressar à Parceria Público-Privada (PPP), garante Camilo Ferreira, coordenador da Comissão de Trabalhadores, que recordou, em conversa com o HealthNews, a exaustão dos profissionais naquele modelo de gestão e, como Entidade Pública Empresarial (EPE), a melhoria das condições de trabalho e do desempenho.

Governo quer “articulação virtuosa” entre entidades de saúde

O Governo está a avaliar as atribuições de entidades como a Direção-Executiva do SNS, a DGS e o Infarmed para garantir “uma articulação virtuosa” que consiga diminuir a burocracia e concretizar as políticas de saúde, anunciou hoje a ministra.

Menopausa: Uma doença ou um processo natural de envelhecimento?

A menopausa foi o “elefante na sala” que a Médis trouxe hoje ao Tejo Edifício Ageas Tejo. O tema foi abordado numa conversa informal que juntou diversos especialistas. No debate, os participantes frisaram que a menopausa não é uma doença, mas sim um “ciclo de vida”. 

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights