Estudo indica que literacia em saúde contribui para o aumento da qualidade de vida

27 de Outubro 2023

A promoção da literacia em saúde contribui para o aumento da qualidade de vida e bem-estar das pessoas, em particular das mais vulneráveis, revela um estudo do projeto Espaço Saúde 360º Algarve.

No âmbito do estudo foi avaliado ao longo de dois anos e meio o impacto da promoção da literacia em saúde na qualidade de vida de 780 utentes algarvios das franjas mais vulneráveis da população, lê-se numa nota enviada à agência Lusa.

O Espaço Saúde 360º propôs-se a melhorar a qualidade de vida de, pelo menos, 500 idosos do Algarve, através de uma abordagem de proximidade, centrada nas suas necessidades individuais e assente em parcerias em sete dos 16 concelhos algarvios, destacam os promotores.

Os beneficiários, com mais de 65 anos, com poucos recursos económicos e baixa escolaridade, foram acompanhados pela equipa do projeto ao longo de dois anos e meio, participando em atividades dinamizadas por uma equipa multidisciplinar, lê-se na nota.

Entre as atividades desenvolvidas contam-se sessões informativas sobre saúde e prevenção da doença, aulas de nutrição, sessões de navegação no sistema de saúde, atividade física adaptada, ioga, exercícios de estimulação cognitiva, atendimentos psicossociais e sessões sobre literacia na área da medicação.

“Os resultados do Projeto Espaço Saúde 360º Algarve demonstram que a promoção da literacia em saúde é essencial para a melhoria da qualidade de vida das pessoas, particularmente, dos grupos mais frágeis da população, o que ajuda a mitigar as desigualdades sociais e económicas”, refere Jaime Melancia, diretor da Plataforma Saúde em Diálogo, citado na nota.

Aquele responsável crê que “estas iniciativas possam ter impacto na sustentabilidade do sistema de saúde, ao promoverem o autocuidado, o melhor controlo da doença e evitando o recurso desnecessário aos serviços de saúde”.

Segundo a plataforma, de acordo com os resultados de um inquérito sobre literacia em saúde, em Portugal, cinco em cada 10 portugueses apresentam níveis reduzidos de literacia em saúde, sendo os grupos mais vulneráveis os mais afetados.

A iniciativa Espaço Saúde 360º Algarve é promovida pela Plataforma Saúde em Diálogo e apoiada pelo Programa Operacional Regional do Algarve (CRESC Algarve) e pela iniciativa Portugal Inovação Social, através de fundos comunitários.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Projeto liderado pela ESEnfC vence Prémio Erasmus+

O projeto europeu de capacitação para a prática de cuidados de enfermagem multiculturais, “MulticulturalCare”, liderado pela Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC) e com coordenação da professora Ana Paula Monteiro, foi vencedor do Prémio Erasmus+ na categoria de Parcerias de Cooperação no Ensino Superior do ano 2023, foi anunciado na última terça-feira.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights