Novembro: mês sombrio na Saúde com serviços de urgências encerrados de Norte a Sul

2 de Novembro 2023

O mau "presságio" anunciado pelo Diretor Executivo, sobre novembro poder vir a ser o pior da história do SNS, parece confirmar-se. O mês arrancou com inúmeros serviços de urgências encerrados em todo o país.

Saiba quais os hospitais afetados. 

A indisponibilidade dos médicos de fazerem mais horas extraordinárias para além das obrigatórias está a criar constrangimentos nos serviços de urgências. De Norte a Sul do país, inúmeras unidades de saúde iniciaram o mês sem a capacidade de prestação deste tipo de cuidados.

A Norte, o Hospital de Chaves irá funcionar sem a urgência ortopédica durante todo o mês, obrigando a população abrangida por esta área geográfica a ter de deslocar-se, em caso de necessidade, a Vila Real.

No serviço de urgência da unidade hospitalar de Vila Real a valência de ortopedia vai estar disponível no período noturno dos dias 04, 05, 09, 10, 11, 12, 13, 17, 20, 24 e 26, entre as 20:00 e as 08:00 do dia seguinte.

No Hospital de Braga não há serviço de Ginecologia e Obstetrícia, pelo menos até este sábado, dia 4 de novembro.

No Hospital de Penafiel, as urgências de pediatria irão funcionar apenas até 14 de novembro e as urgências de Ginecologia e Obstetrícia permanecerão fechadas por tempo indeterminado.

O Hospital de Amarante também encerrou as urgências de obstetrícia e do bloco de partos desde quarta-feira.

Na Guarda, a urgência de medicina interna e cirurgia geral vai fechar todas as sextas-feiras, sábados e domingos deste mês.

A urgência em cirurgia e ortopedia do Centro Hospitalar Tondela-Viseu (CHTV) estará encerrada à noite durante todo o mês de novembro.

O Centro Hospitalar do Entre Douro e Vouga (CHEDV) anunciou que terá serviços de urgência encerrados no período noturno devido a constrangimentos de recursos humanos em Ortopedia e Pediatria.

No hospital da Feira, as urgências de pediátricas estarão encerradas este fim-de-semana no período da noite.

No Hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo, o serviço de urgência de cirurgia irá encerrar nos fins-de-semana de novembro.

Mais a centro do país, o Hospital de Évora terá a urgência pediátrica condicionada até dia 02 de novembro.

A urgência pediátrica do Hospital de Torres Novas, do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), vai encerrar aos fins de semana já a partir de sábado e até final do ano.

O Centro Hospitalar do Baixo Vouga informou que estão previstos constrangimentos da urgência de Cirurgia Geral do Hospital de Aveiro. A urgência de Cirurgia Geral encerra das 08h00 de sexta-feira às 08h00 de sábado e volta a encerrar durante o período noturno de sábado, domingo e segunda-feira.

A Urgência Ginecológica e Obstetrícia do Centro Hospitalar de Leiria encontra-se encerrada entre as 09h00 de quinta-feira, dia 2 de novembro, até às 09h00 de segunda-feira, dia 6 de novembro. O hospital de Leiria vai ter a urgência pediátrica fechada todos os domingo.

O Hospital de Coimbra não terá urgências de Ginecologia e Obstetrícia abertas até segunda-feira, dia 06 de novembro.

O hospital de Portalegre fica sem urgência cirúrgica 20 dias este mês. O anúncio foi feito pelo presidente da Sub-região de Portalegre da Ordem dos Médicos.

A Sul, a urgência pediátrica do Centro Hospitalar Barreiro Montijo (CHBM), do qual fazem parte o Hospital Garcia de Orta e o Hospital de Almada, vai estar encerrada entre as 09h00 de dia 02 e as 09h00 de segunda-feira, dia 06 de novembro.

Em Vila Franca de Xira, as Urgências de Ginecologia e Obstetrícia encerram este fim-de-semana.

A urgência de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, também estará encerrada

O Serviço de Urgência de Pediatria e o Serviço de Urgência de Ginecologia-Obstetrícia do Hospital de Professor Doutor Fernando Fonseca (HFF) também sofre alterações nos horários. A Urgência de Pediatria vai passar a estar encerrado no período noturno a partir de dia 1 de novembro e o Serviço de Urgência de Ginecologia-Obstetrícia permanece encerrado até às 08h00 de dia 3 de novembro.

Perante este cenário, os utentes são aconselhados contactar a linha SNS24 ou, se for mais urgente, ligar para o 112.

HN/Vaishaly Camões

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Projeto liderado pela ESEnfC vence Prémio Erasmus+

O projeto europeu de capacitação para a prática de cuidados de enfermagem multiculturais, “MulticulturalCare”, liderado pela Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC) e com coordenação da professora Ana Paula Monteiro, foi vencedor do Prémio Erasmus+ na categoria de Parcerias de Cooperação no Ensino Superior do ano 2023, foi anunciado na última terça-feira.

Sindepor vai impugnar concurso da ARS Norte

O Sindicato Democrático dos Enfermeiros (Sindepor) vai “contestar juridicamente a alteração súbita das regras de um concurso destinado à contratação de 61 enfermeiros para a Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte”, divulgou hoje o Sindepor.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights