ULS de Braga assinala Dia Internacional dos Técnicos de Análises Clínicas e Saúde Pública

19 de Abril 2024

A ULS de Braga assinalou o Dia Internacional dos Técnicos de Análises Clínicas e Saúde Pública, que se celebra a 15 de abril, com uma semana de atividades dedicada a dar a conhecer o trabalho crucial destes profissionais.

“O técnico de análises clínicas e saúde pública desempenha um papel fundamental no diagnóstico e acompanhamento de doenças, embora o seu trabalho seja muitas vezes invisível”, referiu Mónica Macedo, técnica de análises clínicas e saúde pública da ULS de Braga. “Sem os nossos resultados, os médicos teriam grandes dificuldades em estabelecer diagnósticos precisos e definir os tratamentos adequados para os seus pacientes”, reforçou.

Ao longo da semana, os Laboratórios de Patologia Clínica e Imunohemoterapia da ULS de Braga abriram as suas portas a todos os colaboradores da instituição, permitindo-lhes conhecer de perto o espaço onde são realizadas milhares de análises clínicas todos os anos. Uma exposição fotográfica também foi patenteada, revelando o rosto dos profissionais que integram a equipa de TACSP e que trabalham 24 horas por dia para garantir a qualidade e segurança dos resultados analíticos.

No âmbito científico, realizou-se o LabMeeting, uma reunião dedicada aos profissionais de saúde, que proporcionou o debate de temas atuais relacionados com a atividade dos TACSP e o progresso desta profissão. Aurélio Mesquita, diretor do Serviço de Patologia Clínica, realçou a multidisciplinaridade do serviço e o desempenho técnico-científico da sua equipa, fatores que considera essenciais para a qualidade da atividade assistencial prestada.

“O trabalho dos técnicos de análises clínicas e saúde pública é essencial para o bom funcionamento dos nossos serviços e para a qualidade dos cuidados de saúde prestados à população”, afirmou Paula Vaz Marques, diretora clínica da ULS de Braga. “O Conselho de Administração da ULS de Braga reconhece a importância destes profissionais e está empenhado em continuar a apoiar as suas iniciativas de formação e desenvolvimento profissional.”

Ao longo do ano, o Laboratório de Análises Clínicas da ULS de Braga realiza cerca de 3 milhões e 500 mil análises e, no que toca a colheitas, ultrapassa as 76 mil, anualmente.

Os técnicos de análises clínicas e saúde pública são profissionais de saúde responsáveis pela realização de análises laboratoriais em amostras biológicas, como sangue, urina e tecidos. Estas análises são essenciais para o diagnóstico, acompanhamento e tratamento de doenças. Os TACSP também podem atuar na área da saúde pública, realizando análises para monitorizar a saúde da população e prevenir doenças.

PR/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Esclerose Múltipla

Cristiana Lopes Martins, fisiatra nos hospitais de Portimão e Lagos (Unidade Local de Saúde do Algarve) e na Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano; Eduarda Afonso, fisiatra no hospital de Faro (Unidade Local de Saúde do Algarve)

Enfermeiros querem reunir com António Gandra d’Almeida

O Sindicato Nacional dos Enfermeiros (SNE) saudou esta quarta-feira a eleição de António Gandra d’Almeida como novo diretor executivo do Serviço Nacional de Saúde. Em declarações ao nosso jornal, o responsável afirmou que vai solicitar uma reunião com António Gandra d’Almeida e a nova equipa.

Fernando Araújo: Autorizações para contratar médicos “têm demorado menos que três dias úteis”

Na comissão parlamentar de Saúde, esta quarta-feira, Fernando Araújo apresentou os feitos da reforma do Serviço Nacional de Saúde e da equipa que liderou enquanto diretor executivo. A reforma “tem conseguido alterar esta burocracia, estes patamares administrativos, estes tempos que eram incomportáveis na gestão do SNS”, tendo decorrido com o envolvimento dos profissionais: “de baixo para cima”.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights