Itália ultrapassa os 25.000 mortos e regista recuo dos casos de infeção

22 de Abril 2020

Roma, 22 abr 2020 (Lusa) – A Itália ultrapassou hoje os 25.000 mortos provocados pelo novo coronavírus ao registar 437 óbitos nas últimas 24 horas, o número mais baixo dos últimos três dias, de acordo com o último balanço hoje divulgado.

Roma, 22 abr 2020 (Lusa) – A Itália ultrapassou hoje os 25.000 mortos provocados pelo novo coronavírus ao registar 437 óbitos nas últimas 24 horas, o número mais baixo dos últimos três dias, de acordo com o último balanço hoje divulgado.

O número de pessoas doentes também regrediu pelo terceiro dia consecutivo, e situa-se atualmente em 107.699, menos dez pessoas em 24 horas. O total de mortos ascende agora a 25.085.

Os casos de contágios totais desde a deteção do vírus em Itália em 21 de fevereiro situam-se nos 187.327, que significa um aumento de 3.370 nas últimas 24 horas, o maior desde 18 de abril.

No total dos casos, estão recuperadas 54.543 pessoas, 2.943 desde terça-feira, segundo os dados da Proteção civil.

Foi ainda registada uma redução dos hospitalizados (23.805) e em cuidados intensivos (2.384), e a grande maioria dos doentes (81.510) permanece em suas casas em regime de isolamento.

A nível global, segundo um balanço da AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 178.500 mortos e infetou mais de 2,5 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (45.075) e mais casos de infeção confirmados (mais de 825 mil).

Seguem-se Itália (25.085 mortos, em quase 188 mil casos), Espanha (21.717 mortos, mais de 208 mil casos), França (20.796 mortos, mais de 158 mil casos) e Reino Unido (18.100 mortos, mais de 133 mil casos).

Lusa/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Fim da epidemia do vírus de Marburgo na Guiné Equatorial

Advertisement

A Organização Mundial de Saúde declarou hoje o fim da epidemia do vírus de Marburgo na Guiné Equatorial, registando 12 mortes confirmadas e outra 23 provavelmente devidas à doença, quatro meses após os primeiros casos naquele país da África Central.

Cólera mata 141 pessoas em Moçambique desde setembro

Advertisement

 Uma epidemia de cólera já provocou 141 mortes em Moçambique desde que eclodiu em setembro de 2022, anunciou hoje o Ministério da Saúde do país no boletim dedicado ao acompanhamento da doença.

MAIS LIDAS

Share This