Sintomas de ataque cardíaco nas mulheres semelhantes aos do homem

6 de Maio 2020

Os sintomas de ataque cardíaco são frequentemente rotulados como típicos nos homens e atípicos nas mulheres". Uma ideia agora descartada por investigadores do University Medical Center Utrecht, na Holanda

Os três principais sintomas de ataque cardíaco em mulheres e homens são dor no peito, sudorese e falta de ar, relata um estudo apresentado hoje no EAPC Essentials 4 You, uma plataforma científica da Sociedade Europeia de Cardiologia (ESC), e publicado no Jornal da American Heart Association.

“Os sintomas de ataque cardíaco são frequentemente rotulados como típicos nos homens e atípicos nas mulheres”, disse a autora do estudo, Annemarijn de Boer, do University Medical Center Utrecht, na Holanda. “Mas o nosso estudo mostra que, embora os sintomas possam diferir entre os sexos, também existem muitas semelhanças. Seja qual for o seu sexo, se tiver sintomas de ataque cardíaco, não demore. Ligue para os serviços de emergência imediatamente”.

Esta investigação compilou estudos de grande qualidade – 27 no total – das duas últimas décadas, detalhando sintomas em pacientes com síndrome coronária aguda confirmada (ataque cardíaco ou angina instável).

Além de partilhar os três sintomas mais comuns, a maioria dos homens e das mulheres com síndrome coronária aguda apresentava dor no peito: 79% dos homens e 74% das mulheres.

Também foram referidas diferenças significativas na apresentação dos sintomas entre mulheres e homens. Em comparação com o sexo masculino, as mulheres têm duas vezes mais probabilidades de sentir dor entre as omoplatas, 64% mais hipóteses de terem náuseas ou vómitos e ainda falta de ar (34%).

Embora a dor no peito e a sudorese sejam os sintomas mais frequentes em ambos os sexos, ocorrem com menor frequência no sexo feminino. As mulheres têm 30% menos probabilidade de sentirem dor no peito e sudorese (26%) em comparação com os homens.

JAHA/AO

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Obesidade e Cancro: Investir em saúde, para poupar na doença

Prof. Dr. Gil Faria: Cirurgião especialista em Cirurgia da Obesidade e Metabolismo; Coordenador dos Centros de Tratamento da Obesidade do Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, e do Grupo Trofa Saúde; Professor da FMUP; Investigador clínico na área da Cirurgia Metabólica e Obesidade

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights