Mais 10 casos na Praia elevam total em Cabo Verde para 246

10 de Maio 2020

O Ministério da Saúde e da Segurança Social de Cabo Verde anunciou hoje mais 10 casos de infeção pelo novo coronavírus na cidade da Praia, elevando o total acumulado no país para 246.

Em comunicado, o Ministério da Saúde informou que o Laboratório de Virologia analisou 117 amostras, tendo 10 dado resultado positivo, e todos no concelho da Praia, ilha de Santiago, o principal foco da doença no país.

Na mesma nota, as autoridades de saúde de Cabo Verde adiantaram que 95 amostras resultaram negativo, das quais 63 na Praia, sendo três de seguimento.

Os restantes casos negativos na ilha de Santiago são em São Domingos (12), a Região Sanitária de Santiago Norte (14) e São Lourenço dos Órgãos (1). A ilha de São Vicente teve cinco amostras negativas.

Com estes novos 10 casos, Cabo Verde passa a registar um total acumulado de 246 casos de covid-19, desde o primeiro em 19 de março, distribuídos pelas ilhas de Santiago (187), Boa Vista (56) e São Vicente (3).

Do total, 56 doentes são considerados recuperados, enquanto duas pessoas acabaram por morrer, uma na Praia e outra na Boa Vista.

Dois turistas estrangeiros também infetados regressaram aos países de origem, pelo que permanecem ativos em Cabo Verde 186 casos de covid-19, todos internados e em isolamento, com o Ministério da Saúde a avançar que “apenas um deles está a requerer algum cuidado mais diferenciado”.

Nas ilhas de Santiago e da Boa Vista está em vigor o terceiro período de estado de emergência até às 24:00 de 14 de maio.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 276 mil mortos e infetou mais de 3,9 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Mais de 1,3 milhões de doentes foram considerados curados.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

APDI dedica mês de maio à consciencialização para a Doença Inflamatória do Intestino (DII)

A APDI – Associação Portuguesa da Doença Inflamatória do Intestino, colite ulcerosa, doença de Crohn está a dedicar, mais uma vez, o mês de maio à consciencialização para a Doença Inflamatória do Intestino (DII) seguindo as indicações da EFFCA – Federação Europeia das  Associações de Doença de Crohn e Colite Ulcerosa que neste ano de 2024 escolheu como mote “A  DII não tem fronteiras”.

Nuno Jacinto: “A Medicina Geral e Familiar tem um papel central em todos os sistemas de saúde”

O presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) reforçou a importância da especialidade na promoção da saúde e prevenção da doença. No âmbito do Dia Mundial do Médico de Família, Nuno Jacinto falou ao HealthNews sobre os constragimentos que estes profissionais de saúde enfrentam e dos desafios que os cuidados de saúde primários enfrentam em Portugal.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights