Especialistas e políticos reúnem-se hoje, situação em Lisboa na agenda

8 de Junho 2020

Especialistas, políticos e parceiros sociais reúnem-se hoje, no Infarmed, em Lisboa, para analisar a situação epidemiológica da covid-19 em Portugal, numa altura em que Lisboa e Vale do Tejo regista muitos casos.

Esta é a oitava reunião deste tipo desde o início do surto epidémico, em março.

A sessão sobre a “situação epidemiológica da covid-19 em Portugal” é uma iniciativa do primeiro-ministro, António Costa, a que se junta o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, bem como líderes dos partidos políticos com assento parlamentar, confederações patronais e estruturas sindicais e ainda os conselheiros de Estado – estes últimos por videoconferência – para ouvir os especialistas.

No encontro, será aprofundada a análise dos dados relativos às primeiras duas fases de desconfinamento e acontece dez dias depois de o Governo ter anunciado mais uma fase, a terceira, de retoma da atividade.

A região de Lisboa e Vale do Tejo ficou de fora destas medidas devido ao aumento do número de contágios com covid-19.

Na habitual conferência de imprensa sobre o boletim epidemiológico, no sábado, a ministra da Saúde, Marta Temido, rejeitou um cenário de um crescimento exponencial.

Também no sábado, na Ericeira, concelho de Mafra, Lisboa, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, aconselhou que não se facilite nem se entre em alarmismo com a situação da pandemia de covid-19 na região de Lisboa.

Na quinta-feira, o primeiro-ministro admitiu que o Governo prevê levantar as restrições ao desconfinamento que se mantêm na Área Metropolitana de Lisboa a partir de 15 de junho, e referiu que a decisão será avaliada na terça-feira.

“A convicção que temos é que no próximo Conselho de Ministros, na terça-feira, estaremos em condições de levantar as restrições que subsistem a partir do próximo dia 15”, afirmou António Costa, em Lisboa, na conferência de imprensa após a reunião do executivo em que foi aprovado o Programa de Estabilização Económica e Social, para responder à pandemia de covid-19.

De acordo com informação da agenda da Presidência da República, as apresentações técnicas da sessão de hoje serão efetuadas por epidemiologistas da Direção-Geral da Saúde (DGS), do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) e da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP).

No final da reunião, as declarações aos jornalistas estão habitualmente a cargo de Marcelo Rebelo de Sousa, seguindo-se os representantes dos partidos.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Associação Portuguesa de Jovens Farmacêuticos junta partidos para debater o setor antes das legislativas

A Associação Portuguesa de Jovens Farmacêuticos (APJF) vai organizar, no próximo dia 26 de fevereiro, um debate público para discutir as principais preocupações do setor farmacêutico para os próximos anos. O evento “Prioridades para o Ecossistema Farmacêutico e da Saúde”, a ter lugar no Centro Ciência Viva, em Lisboa, vai reunir representantes dos partidos políticos num debate que antecede as eleições legislativas. 

Workshop sobre Obesidade assinala Dia Mundial no Porto

No próximo dia 4 de março, Dia Mundial da Obesidade, a cidade do Porto acolhe um workshop gratuito sobre Obesidade, com o intuito de se falar abertamente sobre esta doença que afeta quase mil milhões de pessoas em todo o mundo.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights