Nova Zelândia diz que país eliminou transmissão mas admite nova vaga

8 de Junho 2020

A primeira-ministra neozelandesa, Jacinda Ardern, afirmou hoje estar confiante de que o país eliminou para já a transmissão da covid-19, mas admitiu a possibilidade de novos casos, garantindo que o país está preparado.

A Nova Zelândia cumpre o 17.º dia sem novos casos e anunciou hoje que já não existe qualquer caso de infeção ativa no território.

“Estamos confiantes de que eliminámos a transmissão do vírus na Nova Zelândia, por enquanto, mas a eliminação não é um ponto no tempo, é um esforço sustentado”, disse Jacinda Ardern, em conferência de imprensa.

“Quase certamente veremos casos aqui novamente, e quero dizer novamente, quase certamente veremos casos aqui novamente, e isso não é sinal de que falhámos, é uma realidade deste vírus. Mas se e quando isso ocorrer, precisamos de ter a certeza de que estamos preparados”, acrescentou.

O foco do Governo será nas fronteiras do país, que vai continuar em isolamento e manter a quarentena à chegada.

Pouco mais de 1.500 pessoas contraíram o vírus na Nova Zelândia, tendo morrido 22 pessoas.

Hoje ainda foi anunciado que será permitido público nos estádios da Nova Zelândia, a partir de sábado, quando o campeonato de Super Rugby for reiniciado.

“O Super Rugby Aotearoa será a primeira competição profissional de rugby do mundo a permitir um regresso maciço de fãs na era do covid-19, quando voltar no sábado em Dunedin”, apontou a Federação de Rugby da Nova Zelândia.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

IPG acolhe polo do Centro de Envelhecimento Ativo

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai acolher um polo do Centro de Competências de Envelhecimento Ativo, que irá desenvolver atividades para criar melhores condições de vida aos idosos da região.

UC integra estudo mundial sobre aumento da obesidade

Mais de um bilião de pessoas vivem atualmente com obesidade no mundo, segundo um estudo internacional em que participaram investigadores da Universidade de Coimbra (UC), divulgou a instituição.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights