Trabalhadores alemães com horário reduzido trabalham menos 43% que o normal

12 de Agosto 2020

Os trabalhadores com horário reduzido na Alemanha estavam em média a trabalhar menos 43% que o normal em julho, segundo estimativas esta quarta-feira anunciadas pelo instituto alemão Ifo.

Num comunicado, o especialista em mercado de trabalho do Ifo, Sebastian Link, considera que esta “perda de horas de trabalho devido ao trabalho a tempo reduzido é considerável e mostra que, para muitos setores da economia alemã, um regresso à normalidade ainda está muito longe”.

Para o conjunto dos trabalhadores sujeitos a contribuições para a segurança social, esta queda traduz-se numa perda de 7% do seu horário de trabalho, porque 17% deste grupo estão a trabalhar a tempo reduzido, indicam as estimativas exclusivas para o mês de julho, calculadas com base nas respostas ao inquérito empresarial do Ifo.

O Ifo indica ainda que cerca de 11 milhões de trabalhadores na Alemanha não são elegíveis para o trabalho a tempo reduzido porque são trabalhadores por conta própria, funcionários públicos ou têm empregos marginais a tempo parcial.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Altamiro da Costa Pereira: “A Inteligência Artificial não passa de mais uma ferramenta à disposição do médico”

O impacto das tecnologias no ensino da Medicina e da prática clínica foi o tema escolhido para encerrar o ciclo de conversas conduzidas pelo professor catedrático, Jorge Polónia. Desta vez, e para terminar com ‘chave de oro’, o convidado foi o Diretor da Faculdade de Medicina do Porto, o Prof. Altamiro da Costa Pereira. O responsável destacou que apesar de a Inteligência Artificial ser uma ferramenta “poderosíssima”, esta “nos dá por si só novo conhecimento”, o que significa que “a investigação vai continuar a ser feita” e os médicos vão ser sempre necessários.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights