Directora-geral da Janssen Portugal, empresa do Grupo Johnson & Johnson

“Há uma medida estratégica para o país que não representa acréscimo de custos, nem grande esforço de recursos, mas  que a ser tomada tem um grande potencial para gerar retorno económico e benefício direto para a saúde dos portugueses e para a prática clínica.

Portugal tem um dos mais baixos índices de Ensaios Clínicos da Europa, apesar de ter capacidade científica e condições para os receber. A lei portuguesa prevê 60 dias para a aprovação de um ensaio clinico, mas por vezes chega aos seis meses. Há países que o fazem em 15 dias. Bastaria que se cumprisse com o processo de aprovação estabelecido e que nos centros hospitalares se organizassem estruturas para a investigação clínica para o efeito ser imediatamente outro.”

Share This