A vacina Covid-19 é segura para as lactantes?

25 de Janeiro 2021

A “Academy of Breastfeeding Medicine” (ABM)  não recomenda a cessação do aleitamento materno nas mulheres que são vacinadas contra a Covid-19. Numa nova declaração, a ABM sugere que as mulheres lactantes discutam os riscos e benefícios da vacinação com o médico assistente, equacionado o seu risco de contrair Covid-19 e de desenvolver doenças graves, de acordo com a revista "Breastfeeding Medicine".

Este é um tema sensível porque os ensaios das vacinas excluíram as mulheres lactantes. Assim, não existem dados clínicos relativos à segurança das vacinas da Pfizer/BioNtech ou da Moderna em mães que amamentam. De acordo com a declaração da ABM, “há pouca plausibilidade biológica de que a vacina cause danos, e os anticorpos do SARS-CoV-2 [o vírus que causa Covid-19] no leite podem proteger o lactente”.

“Sem dados clínicos, a “Academy of Breastfeeding Medicine” baseou-se na plausibilidade biológica e na opinião de peritos para elaborar uma declaração sobre considerações para as vacinas RNAm contra a Covid-19 na lactação”, refere Alison Stuebe, MD, Presidente da ABM. “A informação disponível é tranquilizadora; contudo, as mulheres grávidas e as lactantes merecem mais do que plausibilidade para orientar as decisões médicas. Daqui em diante, os ensaios clínicos da fase III devem incluir, rotineiramente, participantes grávidas e lactantes. É tempo de proteger as grávidas e as lactantes através da investigação, e não da investigação”.

Arthur I. Eidelman, MD, editor-chefe da “Breastfeeding Medicine”, assinala: “A publicação da declaração equilibrada da ABM servirá de guia para os médicos e as famílias na decisão de proceder à vacinação das lactantes”.

Informação bibliográfica completa:

Article Reference President’s Corner: Introduction to ABM’s Statement on Considerations for COVID-19 Vaccination in Lactation

NR/AG/HN/Adelaide Oliveira

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

IPG acolhe polo do Centro de Envelhecimento Ativo

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai acolher um polo do Centro de Competências de Envelhecimento Ativo, que irá desenvolver atividades para criar melhores condições de vida aos idosos da região.

UC integra estudo mundial sobre aumento da obesidade

Mais de um bilião de pessoas vivem atualmente com obesidade no mundo, segundo um estudo internacional em que participaram investigadores da Universidade de Coimbra (UC), divulgou a instituição.

Quinze ULS terão equipas dedicadas na área da Saúde Mental

Os primeiros Centros de Responsabilidade Integrados dedicados à Saúde Mental vão arrancar em 15 Unidades Locais de Saúde, numa primeira fase em projeto-piloto e durante 10 meses, segundo uma portaria publicada em Diário da República.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights