Vacina da Pfizer-BioNTech é eficaz face às mutações do vírus

28 de Janeiro 2021

A vacina da Pfizer-BioNTech mantém grande parte da eficácia contra as principais mutações do vírus Covid-19 verificadas no Reino Unido e na África do Sul, anunciaram esta quinta-feira as duas empresas através de um comunicado. 

Os testes ‘in vitro’ “não demonstraram a necessidade de uma nova vacina para fazer face às variantes emergentes”, referem as duas companhias.

O documento da Pfizer.BioNTech acrescenta que as empresas “vão continuar a monitorar as variantes emergentes estando prontas a reagir” se uma das mutações se mostrar resistente à vacina.

Na terça-feira, a diretora da Agência Europeia do Medicamento (EMA) já tinha dito que as vacinas da Pfizer-BioNtech e da Moderna contra a covid-19 são eficazes para a variante britânica, mas admitiu que a mutação da África do Sul é “mais complicada”.

“No que toca às duas vacinas que já foram autorizadas, pedimos às empresas para verificar o efeito das novas variantes no seu desempenho e […], de acordo com os estudos preliminares, estas vacinas continuarão a ser eficazes pelo menos relativamente à variante britânica”, declarou a responsável.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

238 casos de Mpox detetados em Portugal desde junho

Cerca de 240 casos de Mpox foram detetados em Portugal desde 01 de junho do ano passado, revela um balanço da Direção-Geral da Saúde (DGS), segundo o qual o surto continua ativo, mas com tendência decrescente.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights