Governo dos Açores mantém cerca em Rabo de Peixe em zona mais restrita

4 de Fevereiro 2021

O Governo Regional dos Açores decidiu manter a cerca sanitária na vila de Rabo de Peixe, na ilha de São Miguel, por mais uma semana, devido à Covid-19, mas restringiu-a a uma zona mais limitada.

“A cerca tem como limite a variante circular de Rabo de Peixe, a zona norte. Isto é, a variante não está incluída na cerca. É a parte de Rabo de Peixe a norte da variante circular de Rabo de Peixe, dentro dos limites da freguesia”, avançou o secretário regional da Saúde e Desporto, acrescentando que será publicado um mapa com a delimitação da cerca sanitária.

Clélio Meneses falava, em Angra do Heroísmo, numa conferência de imprensa de apresentação da atualização das medidas restritivas para combater a Covid-19 nos Açores.

A vila de Rabo de Peixe, no concelho da Ribeira Grande, é atualmente a localidade no arquipélago com mais casos positivos ativos de infeção pelo novo coronavírus (160) e está sujeita a cerca sanitária desde 13 de janeiro.

Os Açores têm atualmente 335 casos positivos ativos de infeção pelo novo coronavírus, que provoca a doença covid-19, dos quais 282 em São Miguel, 36 na Terceira, 13 no Faial, três no Pico e um nas Flores.

Desde o início do surto, foram detetados na região 3.702 casos positivos de infeção pelo SARS-CoV-2, tendo ocorrido 26 óbitos e 3.240 recuperações.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Álcool mata 2,6 milhões de pessoas por ano

O álcool mata 2,6 milhões de pessoas por ano, alertou hoje a Organização Mundial da Saúde (OMS), considerando que este número permanece “inaceitavelmente elevado”, apesar da descida ligeira que tem registado nos últimos anos.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights