PS do Porto propõe atribuição de medalha de ouro da cidade aos profissionais de saúde

16 de Fevereiro 2021

Os deputados municipais do Partido Socialista (PS) propuseram esta segunda-feira que a autarquia atribua aos profissionais de saúde do Centro Hospitalar do Porto e do Centro Hospitalar Universitário de São João a medalha de ouro do município.

Durante a sessão ordinária da Assembleia Municipal do Porto, que decorreu ontem por videoconferência, o deputado Pedro Braga de Carvalho, do PS, afirmou ser “o momento adequado para prestar uma pública homenagem aos profissionais de saúde dos dois hospitais centrais da cidade do Porto”.

O deputado, que destacou “a resistência, sacrifício impar e dedicação absoluta à causa e profissão” dos profissionais de saúde, propôs a atribuição da medalha de grau ouro do município.

“Trazemos uma proposta à Câmara do Porto para que no momento que considere mais adequado possa atribuir a medalha de grau ouro do município, ou qualquer outra distinção que achar oportuna”, salientou o deputado socialista.

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 2.400.543 mortos no mundo, resultantes de mais de 108,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 15.411 pessoas dos 787.059 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Lusa/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

INEM esclarece que chamadas via 112 são descentralizadas

O INEM esclareceu que as chamadas que dão entrada via 112 para o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) são descentralizadas, avançando que hoje de manhã estavam ao serviço 48 técnicos, 24 dos quais em atendimento.

Dia mundial da esclerose lateral amiotrófica: falência respiratória é principal causa de morte

Celebra-se esta sexta-feira, dia 21, o Dia Mundial da Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). A data serve como um lembrete crucial da luta contra essa doença grave e degenerativa, com a falência respiratória sendo a principal causa de morte entre os pacientes. A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) aproveita a ocasião para conscientizar sobre a necessidade urgente de mais pesquisas, tratamentos e apoio aos doentes e cuidadores

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights