Açores registam 27 novos casos e 25 recuperações

8 de Maio 2021

Os Açores contam 27 novos casos positivos de infeção pelo novo coronavírus, sendo 26 em São Miguel e um na Terceira, e 25 pessoas recuperaram da doença, nas últimas 24 horas, informa o boletim da Autoridade de Saúde Regional.

Em comunicado, a entidade adianta que na ilha de São Miguel foram registados, no concelho do Nordeste, 12 novos casos, na Ribeira Grande nove novos casos positivos, na Lagoa há três novos casos, na Povoação um caso novo diagnosticado e no concelho de Ponta Delgada foi registado também um novo caso.

De acordo com a Autoridade de Saúde açoriana, todos os casos em São Miguel “são referentes a transmissão comunitária”.

Na Terceira, “o novo caso registado é referente a um viajante, residente, com análise de rastreio positiva ao sexto dia”, acrescenta o comunicado, indicando que foram realizadas nas últimas 24 horas 1.555 análises nos laboratórios de referência da região.

Nas últimas 24 horas há ainda a assinalar 25 recuperações, todas na ilha de São Miguel.

Hoje há mais um doente internado do que na sexta-feira, com um total de nove pessoas hospitalizadas com Covid-19, todas no Hospital do Divino Espírito Santo de Ponta Delgada, em São Miguel, mas nenhuma em cuidados intensivos.

A região conta com 185 casos positivos ativos, sendo 174 em São Miguel, sete nas Flores, dois em Santa Maria e dois na Terceira.

“Desde o início da pandemia foram diagnosticados 5.026 casos positivos de covid-19 nos Açores, tendo recuperado da doença 4.688 pessoas, faleceram 31, saíram do arquipélago 79 e 43 apresentaram prova de cura anterior”, refere também o comunicado.

Os Açores contam com uma cadeia ativa nas Flores e foram já extintas 201.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Luís Montenegro: “Concordo com a necessidade de valorizar a carreira dos bombeiros e estamos a trabalhar nisso”

Hoje, no debate sobre o estado da nação, o primeiro-ministro respondeu a Inês Sousa Real que concorda que é necessário valorizar a carreira dos bombeiros, mas o Governo está “a trabalhar nisso”, e garantiu que não está desatento à violência doméstica, tendo já avançado com um despacho para a criação de um grupo de trabalho “transversal” no âmbito do apoio à vítima.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights