12/05/2021 | Destaques, Nacional, Notícias

Associação Portuguesa de Fertilidade anuncia segunda edição do concurso FERTILID’ART

De acordo com a Associação Portuguesa de Fertilidade (APFertilidade) o “sucesso da primeira edição” do concurso motiva o lançamento de mais um desafio aos estudantes. A iniciativa visa promover a sensibilização da população para o tema da fertilidade por via da expressão artística.

Os estudantes da Escola Superior de Comunicação Social (ESCS), da Escola Profissional de Imagem (EPI) e do ADE – Creative University e a World Academy são desafiados pela APFertilidade a criar uma fotografia ou um vídeo, tendo como tema a fertilidade.

Os trabalhados deverão focar-se na conceção, fertilização, os desafios da infertilidade, processo de gravidez, gestação e até mesmo estados emocionais associados a todo o processo, não colocando quaisquer limites à criatividade dos autores.

“Uma segunda edição deste projeto representa voltar a acreditar que é possível sensibilizar a sociedade, de uma forma inovadora e criativa, para as questões e dificuldades que envolvem as pessoas que querem ter filhos mas que precisam de ajuda médica para o conseguir. Para esta edição decidimos desafiar os alunos de fotografia e de vídeo”, destaca Cláudia Vieira, Presidente da APFertilidade.

As inscrições do concurso arrancaram no início do mês, estando prevista a avaliação e a seleção das fotografias e vídeos vencedores para o próximo mês.

Serão premiados seis vencedores, três para fotografia e três para vídeo, sendo que o valor do primeiro prémio é de mil euros, do segundo de 500€ e do terceiro de 250€. Os valores são iguais para as duas categorias.

A iniciativa conta com o apoio da Merck. Para Pedro Moura, Managing Director da Merck Portugal “apoiar este projeto vai ajudar a sensibilizar toda a população portuguesa sobre o tema da Fertilidade, ao mesmo tempo que se estimula a criatividade em diferentes áreas artísticas”.

“O nosso compromisso é continuar a ajudar a criar vidas, contribuindo para a inovação no tratamento da infertilidade. Só com o nosso apoio já nasceram mais de 4 milhões de bebés em todo o mundo, um número que nos orgulha imenso. Estamos aqui, sempre, para apoiar estes tema”, acrescenta.

Como júri foi escolhido um grupo isento constituído por um representante da APFertilidade, das instituições de ensino e formação retratadas neste projeto e da Merck.

PR/HN/VC

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Share This