Açores com 53 novos casos e 10 doentes internados

17 de Dezembro 2021

Os Açores registaram, nas últimas 24 horas, 53 casos de Covid-19, a par de 17 recuperações e dez internamentos, somando 325 infeções ativas, divulgou esta sexta-feira a Autoridade de Saúde Regional.

Dos casos diagnosticados, 49 foram em São Miguel, dois na Terceira, um no Faial e um em Santa Maria, resultantes de 954 testes realizados.

Em São Miguel, foram registados 31 casos positivos no concelho de Ponta Delgada, oito na Ribeira Grande, oito na Lagoa e dois em Vila Franca do Campo.

Na Terceira, foi registado um caso no concelho de Angra do Heroísmo e outro no concelho da Praia da Vitória.

Em Santa Maria, foi registado um novo caso no concelho de Vila do Porto e, no Faial, foi também registado um novo caso correspondente ao concelho da Horta.

Estão internados 10 doentes, nove no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, três em Unidade de Cuidados Intensivos, e um no Hospital de Santo Espírito, em Angra do Heroísmo.

Registaram-se 17 recuperações.

A região soma 325 casos ativos, sendo 273 em São Miguel, 38 na Terceira, cinco no Faial, quatro em Santa Maria, três no Pico e dois nas Flores.

De 31 de dezembro de 2020 até 07 de dezembro, foram vacinadas nos Açores 175.830 pessoas com a primeira dose (74,3%) e 197.309 com a vacinação completa (83,4 %), no âmbito do Plano Regional de Vacinação, tendo já sido vacinados com a terceira dose 18.244 utentes.

Os Açores registaram duas suspeitas de infeção pela variante Ómicron do SARS-CoV-2, tendo já enviado as amostras para confirmação para o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), revelou quarta-feira a Autoridade de Saúde Regional.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados em relação à pandemia, que podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da Direção-Geral da Saúde.

A pandemia já matou pelo menos 5,3 milhões de pessoas em todo o mundo desde o final de 2019, de acordo com um relatório elaborado pela AFP.

Os Estados Unidos são o país mais enlutado com 803.503 mortes, à frente do Brasil (617.395), Índia (476.478) e México (297.187)

A OMS estima, levando em consideração o excesso de mortalidade direta e indiretamente vinculado à covid-19, que o número de vítimas da pandemia no mundo pode ser duas a três vezes maior.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Trabalhadores do Hospital de Braga não querem regressar à Parceria Público-Privada

Os trabalhadores do Hospital de Braga não querem regressar à Parceria Público-Privada (PPP), garante Camilo Ferreira, coordenador da Comissão de Trabalhadores, que recordou, em conversa com o HealthNews, a exaustão dos profissionais naquele modelo de gestão e, como Entidade Pública Empresarial (EPE), a melhoria das condições de trabalho e do desempenho.

Menopausa: Uma doença ou um processo natural de envelhecimento?

A menopausa foi o “elefante na sala” que a Médis trouxe hoje ao Tejo Edifício Ageas Tejo. O tema foi abordado numa conversa informal que juntou diversos especialistas. No debate, os participantes frisaram que a menopausa não é uma doença, mas sim um “ciclo de vida”. 

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights