PS/Madeira propõe testes gratuitos para crianças acederem a atividades extraescolares

7 de Fevereiro 2022

 O grupo parlamentar do PS na Assembleia Legislativa da Madeira vai propor a gratuitidade dos testes à Covid-19 para as crianças entre os cinco e os 18 anos, de forma a poderem participar nas atividades extraescolares.

O líder da bancada do PS, Rui Caetano, anunciou hoje a proposta em conferência de imprensa, no Funchal, considerando “lamentável” que o Governo Regional, de coligação PSD/CDS-PP, exija às crianças não vacinadas um teste pago à Covid-19 antes de participarem nas atividades extraescolares.

“Não se pode permitir que na Região Autónoma da Madeira tenhamos mais de cinco mil crianças [não vacinadas] que são obrigadas a apresentar um teste [pago] antes de qualquer atividade extraescolar. É lamentável”, apontou o deputado socialista.

“Nós somos favoráveis à vacinação das crianças. Não podemos é concordar que o Governo Regional crie obstáculos para que estas possam participar em atividades extraescolares, ainda mais numa região que tem o maior índice de pobreza e de risco de exclusão social e o mais baixo índice de poder de compra”, reforçou.

Rui Caetano questionou ainda “como é que se pode exigir às famílias que paguem 15 euros para fazerem um teste aos seus filhos” e criticou que o secretário regional da Educação, Jorge Carvalho, tenha compactuado com a decisão “sem sequer ter consciência do impacto das medidas tomadas”.

O parlamentar afirmou que é “grave” o governo insular responsabilizar as crianças por não terem iniciado a vacinação, considerando que “se os pais decidiram, não podem ser as crianças a levar com as consequências”.

O deputado do PS, o maior partido da oposição na Assembleia Legislativa da Madeira, criticou igualmente “a confusão” nas informações transmitidas pelo executivo madeirense, liderado pelo social-democrata Miguel Albuquerque, bem como a forma como tem sido gerida a pandemia de Covid-19.

O Governo da Madeira decidiu, na semana passada, aligeirar as restrições relacionadas com a pandemia de Covid-19, acabando com a testagem semanal gratuita para acesso a espaços públicos e privados e com o boletim epidemiológico diário.

De acordo com a informação da Direção-Geral da Saúde, o arquipélago registou 405 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando, 68.051 casos e 170 mortes desde o início da pandemia.

A Covid-19 provocou pelo menos 5.737.468 de mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 20.258 pessoas e foram contabilizados 2.932.990 casos de infeção, segundo a última atualização da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

A variante Ómicron, que se dissemina e sofre mutações rapidamente, tornou-se dominante do mundo desde que foi detetada pela primeira vez, em novembro, na África do Sul.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Doenças evitáveis por vacinação estão a aumentar na Europa

As doenças evitáveis por vacinação estão a aumentar nos países da União Europeia (UE) e do Espaço Económico Europeu (EEE), alertou esta segunda-feira o Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC) no âmbito da Semana Europeia da Vacinação.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights