Serviço de Sangue e Medicina Transfusional dos hospitais de Coimbra com dupla acreditação

9 de Fevereiro 2022

O Serviço de Sangue e Medicina Transfusional (SSMT) do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) recebeu dupla certificação de qualidade pela Direção-Geral da Saúde (DGS), sendo o primeiro desta especialidade com esta distinção a nível nacional.

A dupla certificação de qualidade atribuída pela DGS, no âmbito do Programa Nacional de Acreditação dos Serviços de Saúde, foi entregue ao Serviço de Sangue e Medicina Transfusional (SSMT) e ao seu Centro de Referência de Coagulopatias Congénitas, informou o CHUC, em comunicado.

“A acreditação agora atribuída, pela Andalusian Agency for Healthcare Quality (ACSA internacional), tem dois benefícios imediatos: a nível interno, pelo estímulo que representa para a equipa e valor acrescentado para a organização e cultura interna do serviço, e a nível externo pelo reconhecimento interpares” disse, citado na nota de imprensa, o diretor do SSMT, Jorge Tomaz.

Para este responsável, “o enorme desafio das acreditações agora obtidas, que reconhecem a elevada diferenciação do serviço, são fruto do empenho e dedicação dos seus profissionais, numa procura constante da melhoria contínua, focada na qualidade assistencial disponibilizada ao doente”.

O Serviço de Sangue e Medicina Transfusional tem como objetivo a “colheita, análise e processamento de sangue humano e componentes, prestação de cuidados assistenciais e terapêuticos, realização de diagnóstico, ensino e investigação no âmbito da especialidade de imuno-hemoterapia, garantido o acesso dos doentes a componentes sanguíneos de qualidade, eficazes e seguros”, referiu o CHUC.

Este serviço apoia ainda todos os programas de transplantação de órgãos e tecidos do CHUC.

Cabe ao SSMT assegurar, nas suas múltiplas áreas de intervenção e 365 dias por ano, em todo o universo CHUC, uma resposta assistencial garantida por médicos, enfermeiros, técnicos superiores, técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica, assistentes técnicos e assistentes operacionais.

O CHUC deu ainda nota de que este serviço, em 2021, preparou e transfundiu cerca de 22.000 unidades de eritrócitos, 5.000 unidades de plaquetas inativadas e 5.500 unidades de plasma humano inativado, tendo registado na consulta pré-dádiva de sangue cerca de 14.500 dadores, de que resultaram perto de 11.000 colheitas de sangue e plaquetas, tendo efetuado um total de 19.826 consultas.

Foram ainda realizados 1.200 tratamentos de hemaferese em doentes adultos e pediátricos, e o serviço efetuou 80 colheitas de ‘stem cells’ do sangue para transplante.

“O SSMT do CHUC dispõe da maior unidade de Hemaferese Terapêutica nacional e da península ibérica, equiparável às principais unidades europeias”, concluíram os hospitais de Coimbra.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Projeto liderado pela ESEnfC vence Prémio Erasmus+

O projeto europeu de capacitação para a prática de cuidados de enfermagem multiculturais, “MulticulturalCare”, liderado pela Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC) e com coordenação da professora Ana Paula Monteiro, foi vencedor do Prémio Erasmus+ na categoria de Parcerias de Cooperação no Ensino Superior do ano 2023, foi anunciado na última terça-feira.

Sindepor vai impugnar concurso da ARS Norte

O Sindicato Democrático dos Enfermeiros (Sindepor) vai “contestar juridicamente a alteração súbita das regras de um concurso destinado à contratação de 61 enfermeiros para a Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte”, divulgou hoje o Sindepor.

Número de mortos em esfaqueamento na Austrália sobe para seis

O número de vítimas mortais do esfaqueamento que ocorreu hoje num movimentado centro comercial em Sidney, na Austrália, subiu de cinco para seis, depois de um dos feridos hospitalizados ter sucumbido aos ferimentos, confirmou a polícia australiana.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights