Bebé internado com Covid-19 no São João já não está ligado ao ventilador

16 de Fevereiro 2022

O bebé de 13 meses internado com Covid-19 desde a madrugada de dia 05 nos cuidados intensivos do Hospital de São João, no Porto, "está bem" e já não está ligado ao ventilador, disse esta quarta-feira a diretora clínica.

“Foi possível retirá-lo de ECMO [Oxigenação por Membrana Extracorporal] ao fim de cinco dias e ontem [terça-feira] o bebé foi extubado. Neste momento o bebé está bem”, disse a diretora clínica do Centro Hospitalar e Universitário São João (CHUSJ), Maria João Baptista.

Em causa está um bebé de 13 meses que esteve internado no Centro Materno Infantil do Norte (CMIN) por cCvid-19, mas teve que ser transferido para o São João por “alterações cardíacas”.

Em conferência de imprensa, a médica, que apareceu junto dos jornalistas referindo de imediato que trazia “boas notícias”, adiantou que o bebé vai, para já, permanecer nos cuidados intensivos.

Maria João Batista referiu que tinha já visto o bebé esta manhã e que este estava “simpático e com os olhinhos abertos, a mexer os bracinhos e tudo”.

“É um bebé muito querido. Estamos todos muito felizes”, disse Maria João Baptista.

A Covid-19 provocou pelo menos 5.823.938 mortos em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 20.620 pessoas e foram contabilizados 3.111.858 casos de infeção, segundo a última atualização da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

A variante Ómicron, que se dissemina e sofre mutações rapidamente, tornou-se dominante no mundo desde que foi detetada pela primeira vez, em novembro, na África do Sul.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Enfermeiros apresentam 16 propostas para plano de emergência

A Ordem dos Enfermeiros (OE) apresentou esta segunda-feira 16 propostas à ministra da Saúde, Ana Paula Martins, para serem integradas no plano de emergência do Governo para o setor, manifestando-se preocupada com a falta de 14 mil enfermeiros.

Dia Internacional da Doença de Fabry assinala-se a 28 de abril

A doença de Fabry atinge vários órgãos, como o coração, rins, pele e olhos, sem causar, muitas vezes, sintomas evidentes ou queixas. O diagnóstico precoce, contudo, é essencial, alerta a Takeda em vésperas do Dia Internacional da Doença de Fabry.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights