Ordem dos Médicos empenhada no repatriamento imediato de sete médicos portugueses

16 de Dezembro 2022

Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos (OM), e Carlos Cortes, presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM), “estão a envidar todos os esforços para trazer para Portugal os médicos retidos no Peru”, informa hoje a OM.

A Ordem dos Médicos “manifesta solidariedade institucional e pessoal aos sete médicos recém-diplomados pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, e, na sequência de todas as diligências efetuadas, foram remetidas cartas para sensibilizar as autoridades peruanas para agilizar o regresso destes médicos a Coimbra, com a maior celeridade possível”, de acordo com o comunicado de imprensa.

“Os médicos supracitados são muito importantes para o regular funcionamento do Sistema Nacional de Saúde, especialmente em virtude da atual pressão sentida nas urgências dos hospitais portugueses, tanto devido ao grande afluxo de doentes, como à grave escassez de capital humano no SNS”, declara Miguel Guimarães.

“Numa altura em que o país entrou em estado de emergência com o consequente encerramento de aeroportos e outros com acesso limitado, a Ordem dos Médicos reforçou os seus contactos junto das entidades competentes para agilizar o repatriamento. Estes médicos são indispensáveis para integrar o Plano de Contingência de Inverno no Serviço Nacional de Saúde”, assume Carlos Cortes.

Face ao forte tumulto social e ao recrudescimento dos protestos naquele país da América Latina, a Ordem dos Médicos, também através do Departamento Internacional, continua a desenvolver a sua intervenção em articulação com as autoridades, de modo a prestar o apoio necessário para ultrapassar estes acontecimentos no Peru.

Neste contexto excecional, a Ordem dos Médicos afirma que está a aprofundar todos os contactos, quer no âmbito das relações institucionais do Fórum Ibero-Americano de Entidades Médicas (que agrega representantes de organizações médicas da América Latina, Caribe e da Península Ibérica), quer com as autoridades diplomáticas nacionais e europeias.

“Miguel Guimarães (…) e Carlos Cortes (…) estão a envidar todos os esforços para trazer para Portugal os médicos retidos no Peru, desenvolvendo diligências no sentido de acautelar a sua integração num corredor humanitário através de Lima, a capital daquele país que enfrenta atualmente fortes restrições de circulação.”

PR/HN/RA

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Greve dos pilotos de helicópteros do INEM regista 83% de adesão

A greve dos pilotos de helicópteros do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) registou 83% de adesão disse hoje o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC), sublinhando que os serviços mínimos decretados não foram plenamente cumpridos.

Cabo Verde quer comunidades a liderar luta contra a Sida

Cabo Verde quer reforçar a prevenção, diagnóstico, comunicação e informação e ter as comunidades a liderar a luta contra o VIH-Sida, cuja taxa de prevalência mantêm-se nos 0,6%, com média de 400 casos anuais, disseram hoje fontes oficiais

Lançado hoje 1º episódio da série documental: “SIDA 4.0 Os anos do medo, da discriminação, do estigma e da inovação

Temas como o Aparecimento do Vírus, o Estigma e a Discriminação; O Peso das Drogas na Sociedade Portuguesa; VIH-2 e a Cooperação com os PALOP; PrEP – A Revolução na Prevenção e Para Quando a Cura, vão ser analisados por diferentes intervenientes, tendo em atenção os 40 anos sobre a infeção VIH e a Sida e das mudanças que ela trouxe à sociedade em geral e aos portugueses em particular.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights