Investigação clínica distinguida pela Ordem dos Médicos

31 de Julho 2023

A Secção Regional Norte da Ordem dos Médicos e o Banco Carregosa vão atribuir, pelo 6.º ano consecutivo, o "Prémio Banco Carregosa/SRNOM", criado para premiar trabalhos e projetos relevantes na área da investigação clínica.

As candidaturas vão decorrer até ao dia 29 de setembro, estando o anúncio e a entrega dos prémios agendados para a Cerimónia do Juramento de Hipócrates do Porto, no dia 3 de dezembro.

Dos projetos apresentados a concurso, serão distinguidos três com prémios no valor global de 25 mil euros, distribuídos 20 mil para o projeto vencedor e cinco mil para duas menções honrosas.

O júri desta edição vai ser presidido por Paulo Portas, integrando a presidente do Banco Carregosa, Maria Cândida Rocha e Silva, o anterior bastonário Miguel Guimarães, o reconhecido infeciologista António Sarmento, o anestesiologista Alexandre Figueiredo e Rui Vaz, diretor do Serviço de Neurologia do Centro Hospitalar Universitário de São João.

“O Prémio Carregosa é uma excelente iniciativa da instituição, em parceria com a Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos”, refere Paulo Portas, salientando que “este Prémio tem uma audácia rara: incentivar a investigação em medicina. Tem também uma lógica meritória – distinguir os projetos com melhor aplicação aos cuidados de saúde. E já conta com uma tradição profissional, porque reconhece tanto o talento de jovens médicos que procuram a inovação como a experiência e conhecimento dos colegas de outras gerações”.

Em termos pessoais, “ao contribuir para os trabalhos do júri aprendo muito; o meu contributo é sobretudo o do olhar externo à profissão – mas com profunda admiração pelo progresso da medicina e forte preocupação com a qualidade das políticas de saúde”, acrescenta Paulo Portas.

O presidente do Conselho Regional do Norte da Ordem dos Médicos, Eurico Castro Alves, destaca que “este prémio tem como objetivo apoiar e distinguir a investigação clínica de excelência que os nossos médicos portugueses produzem. É também um reconhecimento da Ordem dos Médicos da sua dedicação à medicina, na procura da inovação e do desenvolvimento do ato médico”.

Para Maria Cândida Rocha e Silva, presidente do Conselho de Administração do Banco Carregosa, “O Banco Carregosa tem a maior satisfação em dar o seu contributo (como uma retribuição e agradecimento à sociedade onde está inserido) para premiar o médico, ou o cientista que produza o melhor trabalho de investigação clínica a ser avaliado pelos rigorosos critérios do Júri”. “Escolhemos premiar a investigação clínica porque, sendo reconhecidamente uma atividade nobre, é menos acarinhada do que a investigação científica laboratorial”, explica. “Em termos pessoais e parafraseando o Presidente do Júri – Senhor Dr. Paulo Portas – aprendo muito só por estar envolvida neste processo e aprender é sempre a melhor recompensa”, conclui.

PR/HN/RA

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

FNAM aponta quatro prioridades para reunião com o Governo

A presidente da Federação Nacional dos Médicos (FNAM) identificou hoje os salários, as 35 horas semanais, a integração dos médicos internos na carreira e as progressões como prioridades para o encontro da próxima sexta-feira com o Governo.

ULS de Braga certifica mais 35 profissionais no âmbito do Programa Qualifica AP

A Unidade Local de Saúde de Braga (ULS de Braga) finalizou, esta semana, o processo de certificação de mais 35 profissionais, no âmbito do Programa Qualifica AP, uma iniciativa desenvolvida em parceria com a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), através do Centro Qualifica AP.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights