SIM diz que será muito difícil aceitar menos do que 15% de aumento

28 de Novembro 2023

O secretário-geral do Sindicato Independente dos Médicos (SIM), Jorge Roque da Cunha, afirmou hoje que será muito complicado aceitar menos do que o aumento salarial de 15% que propôs na última ronda negocial com o Ministério da Saúde.

“Como nós dissemos, passámos de 30% para 15%. Estamos em metade. Parece-me muito difícil entrarmos aqui num sistema de feira. É a nossa proposta, clara, objetiva e sensata. (…) Há aqui uma oportunidade para que o Governo, finalmente, faça aquilo que não foi feito nos últimos meses”, salientou, à entrada para 36.ª e última ronda negocial com o Ministério da Saúde.

Na mesma ocasião, a presidente da Federação Nacional dos Médicos (Fnam) disse que a contraproposta que vai apresentar na reunião com o Governo responde ao que os médicos necessitam para repor o poder de compra, não diferindo muito do reclamado aumento de 30%.

A Fnam e o SIM e a tutela estão hoje na 36.ª e última ronda negocial, após 19 meses de discussões com o Governo.

De acordo com o ministro, Manuel Pizarro, o Governo subiu a proposta anterior de 8,5% e propõe agora um aumento salarial diferenciado de 12,7% para os médicos em início de carreira, acima de 11% para os assistentes graduados e de 9,6% para os médicos no topo da carreira.

O Governo propõe um suplemento de 500 euros mensais para os médicos que realizam serviço de urgência e a possibilidade de poderem optar pelas 35 horas semanais.

A proposta iguala o salário base dos médicos (3.025 euros), representando um aumento de 5,5%, contra os 3,6% apresentados na última proposta e que mereceu a contestação dos sindicatos.

NR/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

708 novos dadores na região do Médio Tejo em 2023

O Serviço de Imuno-Hemoterapia da Unidade Local de Saúde do Médio Tejo (ULS Médio Tejo) colheu, durante os 12 meses de 2023, 6.083 dádivas de sangue nas suas três unidades hospitalares. Foram 708 os novos dadores da região.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights