Pfizer e Associação Salvador unem-se para que locais de trabalho acessíveis sejam a regra e não a exceção

7 de Dezembro 2023

A Pfizer Portugal juntou-se à Associação Salvador numa ação que teve como objetivo avaliar as condições de usabilidade dos seus escritórios, no Lagoas Park, em Oeiras.

Reconhecendo que a promoção da acessibilidade é uma condição essencial para o pleno exercício dos Direitos de cada um, a Pfizer Portugal assume o compromisso de garantir que as suas instalações e os seus espaços satisfazem as condições de trabalho e são verdadeiramente inclusivos para pessoas com deficiência.

Assim, conscientes do impacto que a criação de um ambiente inclusivo tem na vida das pessoas, a Pfizer Portugal juntou-se à Associação Salvador numa ação que teve como objetivo avaliar as condições de usabilidade dos seus escritórios, no Lagoas Park, em Oeiras.

Realizada por embaixadores da Associação Salvador com deficiência visual e motora e complementada com uma Técnica de Acessibilidade, esta avaliação teve em consideração vários locais das instalações, incluindo o percurso exterior (acessos exteriores, estacionamento e transportes públicos) e o percurso interior (circulação dentro do edifício e entre pisos, elevadores, adequação das casas de banho, postos de trabalho, salas de reuniões, auditório e outros espaços comuns), tendo resultado no desenvolvimento de um relatório com recomendações finais elaborado pela Associação Salvador.

Com base neste relatório, e após a análise das recomendações de melhoria apontadas, a Pfizer tomou medidas para endereçar as necessidades apontadas, com o objetivo de tornar as instalações acessíveis a pessoas com deficiência visual e motora, seja para colaboradores da Companhia ou visitantes.

“Assumimos o compromisso de continuar a trabalhar para a eliminação das barreiras arquitetónicas no nosso edifício, contribuindo assim para promover a acessibilidade e a inclusão. Acreditamos que a aposta num ambiente mais inclusivo e acessível para todos tem um impacto genuíno e positivo na sociedade. Gostaríamos ainda que esta ação sensibilizasse outras Companhias a avaliarem as suas instalações, para que os locais de trabalho inclusivos passem a ser uma regra e não uma exceção”, afirma Paulo Teixeira, Diretor Geral da Pfizer Portugal.

Esta iniciativa está integrada no trabalho desenvolvido pelo grupo de Diversidade, Equidade e Inclusão da Companhia, responsável pela proposta e implementação de ações que fomentem a criação de melhores condições de trabalho para todos.

PR/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Trabalhadores da Cruz Vermelha exigem melhores condições de trabalho

 Vários sindicatos denunciaram esta terça-feira as “condições de trabalho desiguais” dos trabalhadores das diferentes delegações da Cruz Vermelha Portuguesa, voltando a exigir um acordo de empresa que garanta iguais direitos e melhores condições laborais.

708 novos dadores na região do Médio Tejo em 2023

O Serviço de Imuno-Hemoterapia da Unidade Local de Saúde do Médio Tejo (ULS Médio Tejo) colheu, durante os 12 meses de 2023, 6.083 dádivas de sangue nas suas três unidades hospitalares. Foram 708 os novos dadores da região.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights