Mais de metade dos portugueses assumem sentir um nível de stress elevado: mulheres são as mais afetadas

29 de Fevereiro 2024

Mais de metade da população portuguesa, entre os 18 e os 64 anos, afirma ter sofrido níveis de stress elevados nos últimos seis meses (atribuição de uma nota igual ou superior a 7 numa escala de 0-10)

Os dados são do estudo ‘Estado de Saúde geral da população portuguesa” – realizado recentemente pela Marktest, para a Medicare. Dos resultados obtidos, destacam-se níveis de stress particularmente elevados junto da faixa dos 25/34 anos (60%) e dos 18/24 anos (59,6%), assim como os valores registados no segmento do género feminino (56,4%) e entre aqueles que não praticam atividade física regular (56%).

Por outro lado, e quando se aborda o estado de saúde mais geral dos cidadãos, a maioria da população portuguesa classifica-o como ‘Bom’ e muito próximo do limite de ‘Muito Bom’, de acordo com um índice de 74.9 pontos (numa escala de 0-100).

A perceção positiva dos portugueses sobre o seu estado de saúde é observada nos vários segmentos sociodemográficos, ainda que se observem valores inferior à média global na faixa etária dos 55/64 anos (71.3 pontos) e junto dos residentes do Litoral Centro (71.8 pontos). É de desatacar, que os níveis superiores à média global se verificam junto dos indivíduos que referem ter sofrido baixos níveis de stress nos últimos seis meses atribuindo ‘Excelente’ ao seu estado de saúde e junto dos que praticam atividade física de forma regular. Os resultados deste estudo revelam a perceção dos portugueses quanto ao seu estado de saúde.

Segundo dados deste estudo, 77% da população portuguesa efetua visitas médicas de forma regular, dos quais 26,2% com uma frequência anual e 31,2% com uma frequência semestral. Os resultados indicam ainda que 94% dos inquiridos tiveram pelo menos uma consulta de especialidade no último ano, sendo que as especialidades médicas mais consultadas foram Medicina Geral (66,8%), Saúde Oral (42,3%), Oftalmologia (28,5%) e Ginecologia (19,6%).

PR/NR/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Carolina Guedes sobre a LisbonPH: “Somos o paradigma da mudança no setor da Saúde”

A LisbonPH, associação sem fins lucrativos fundada por estudantes empreendedores, organiza esta sexta-feira um evento comemorativo do seu décimo aniversário. Através do desenvolvimento de projetos focados no Profissional de Saúde, a associação tem trabalhado para ser o “paradigma da mudança no setor da saúde”. Em entrevista ao nosso jornal, a Presidente Executiva sublinhou alguns dos principais desafios e revelou as metas para a próxima década.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights