PRR com quase 5,7ME para obras em 18 centros e extensões de saúde do Alentejo

2 de Abril 2024

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) vai apoiar obras de requalificação em 18 centros e extensões de saúde nos distritos alentejanos de Beja e Portalegre, num investimento global de quase 5,7 milhões de euros.

O aviso-convite para o Investimento RE-C01-i01 “Cuidados de Saúde Primários com mais respostas”, divulgado na quinta-feira, abriu hoje e decorre até às 19:00 do dia 30 de maio, tendo como beneficiários as unidades locais de saúde e os municípios.

Segundo o documento, consultado hoje pela agência Lusa na página de Internet do PRR, a Unidade Local de Saúde do Alto Alentejo (ULSAA), com sede em Portalegre, é beneficiária de um investimento total de 4.051.385 euros, para a concretização de 12 intervenções.

Neste distrito alentejano, o investimento mais elevado, no valor de 456.650 euros, destina-se à requalificação do Centro de Saúde de Fronteira, seguindo-se as obras nos centros de saúde de Sousel (443.500 euros) e de Castelo de Vide (394.855).

O PRR prevê ainda financiamento para as requalificações dos centros de saúde de Arronches (375.000 euros), Alter do Chão (373.650 euros), Elvas e Ponte de Sor (350.000 euros para cada), Avis (338.450 euros), Gavião (334.850 euros), Monforte (284.430 euros) e Portalegre (250.000 euros).

O aviso-convite do PRR para a ULSAA inclui ainda um financiamento de 100.000 euros para obras nos espaços exteriores do Centro de Saúde de Campo Maior.

Para o distrito de Beja, está prevista uma verba de 1,6 milhões de euros no âmbito do mesmo aviso-convite para a apresentação de candidaturas.

A Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), com sede em Beja, é beneficiária de uma verba total de 800.000 euros, para obras nas extensões de saúde de Rosário (500.000 euros), Semblana (200.000 euros) e São Barnabé (100.000 euros), todas no concelho de Almodôvar.

Já para as obras na extensão de Casével, no concelho de Castro Verde, está previsto um investimento de 300.000 euros, enquanto que a requalificação da extensão de Vila Nova da Baronia, no concelho de Alvito, terá um apoio de 200.000 euros.

Por fim, as obras de requalificação da Extensão de Saúde de Garvão, em Ourique, serão apoiadas pelo PRR em 300.000 euros.

Nestes três casos, os beneficiários finais do concurso são as câmaras municipais.

De acordo com o documento do PRR, este financiamento visa “alargar os cuidados de saúde primários e reforçar o seu papel central na resposta às necessidades da população em matéria de saúde, no âmbito da arquitetura global do Serviço Nacional de Saúde”.

As intervenções abrangidas “destinam-se à melhoria das acessibilidades, condições de segurança e conforto para utentes e profissionais”, entre outras, lê-se no documento.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

FNAM aponta quatro prioridades para reunião com o Governo

A presidente da Federação Nacional dos Médicos (FNAM) identificou hoje os salários, as 35 horas semanais, a integração dos médicos internos na carreira e as progressões como prioridades para o encontro da próxima sexta-feira com o Governo.

ULS de Braga certifica mais 35 profissionais no âmbito do Programa Qualifica AP

A Unidade Local de Saúde de Braga (ULS de Braga) finalizou, esta semana, o processo de certificação de mais 35 profissionais, no âmbito do Programa Qualifica AP, uma iniciativa desenvolvida em parceria com a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), através do Centro Qualifica AP.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights