Ministério já contactou sindicatos médicos e dos enfermeiros para iniciar negociações

17 de Abril 2024

A ministra da Saúde, Ana Paula Martins, anunciou hoje que os sindicatos médicos e dos enfermeiros já foram contactados para iniciarem negociações dentro de duas semanas.

“Vamos iniciar as negociações sindicais com os enfermeiros, com os médicos e será muito em breve. O que quer dizer muito em breve? Nas próximas duas semanas porque, naturalmente, temos uma agenda em que vários ministérios têm que estar envolvidos nesta mesa negocial”, disse Ana Paula Martins.

A nova ministra da Saúde falava em declarações à margem da conferência “Desafios da Vacinação e Saúde Global: Presente e Futuro”, organizada pela Associação da Indústria Farmacêutica (Apifarma), sobre as reivindicações dos sindicatos médicos e dos enfermeiros, estes últimos com uma greve de cinco dias marcados para o final do mês e início de maio, para iniciarem com urgência as negociações.

“Os sindicatos já foram todos contactados exatamente com este objetivo de que as negociações se iniciarão muito brevemente”, salientou Ana Paula Martins.

Ressalvando que não iria fazer nenhum comentário sobre os cadernos de encargos dos sindicatos, a governante disse apenas que vai conversar e ouvir as estruturas sindicados e perceber os seus argumentos.

“O diálogo é feito nas duas vias, portanto, é muito importante ouvir os sindicatos, perceber que nos trazem com certeza informações do terreno daquilo que vivem os profissionais e é para isso que aqui estamos, para integrar aquilo que são as suas sugestões”, rematou.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Esclerose Múltipla

Cristiana Lopes Martins, fisiatra nos hospitais de Portimão e Lagos (Unidade Local de Saúde do Algarve) e na Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano; Eduarda Afonso, fisiatra no hospital de Faro (Unidade Local de Saúde do Algarve)

Enfermeiros querem reunir com António Gandra d’Almeida

O Sindicato Nacional dos Enfermeiros (SNE) saudou esta quarta-feira a eleição de António Gandra d’Almeida como novo diretor executivo do Serviço Nacional de Saúde. Em declarações ao nosso jornal, o responsável afirmou que vai solicitar uma reunião com António Gandra d’Almeida e a nova equipa.

Fernando Araújo: Autorizações para contratar médicos “têm demorado menos que três dias úteis”

Na comissão parlamentar de Saúde, esta quarta-feira, Fernando Araújo apresentou os feitos da reforma do Serviço Nacional de Saúde e da equipa que liderou enquanto diretor executivo. A reforma “tem conseguido alterar esta burocracia, estes patamares administrativos, estes tempos que eram incomportáveis na gestão do SNS”, tendo decorrido com o envolvimento dos profissionais: “de baixo para cima”.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights