BIAL reforça Conselho de Administração

24 de Abril 2024

A BIAL anunciou a nomeação de Pierluigi Antonelli, atual membro do Conselho de Administração da Fresenius e Chairman e CEO da Fresenius Kabi, como membro não executivo do seu Conselho de Administração. O anúncio foi feito esta quarta-feira pela biofarmacêutica. 

Para Antonio Horta-Osorio, Chairman da BIAL, “Pierluigi Antonelli desenvolveu uma carreira notável no setor farmacêutico e da saúde. É uma grande satisfação poder contar com a sua presença no Conselho de Administração da BIAL, com a certeza de que iremos beneficiar da sua vasta experiência, reforçando ainda mais as competências do Conselho com um profundo conhecimento do mercado”.

Pierluigi Antonelli refere que “depois de muitos anos em posições de liderança em algumas das maiores empresas do setor, para mim é claro o caminho notável que a BIAL alcançou nos seus 100 anos de história. Esta empresa representa, claramente, resiliência, estratégia e investigação. É com grande satisfação e sentido de desafio que aceitei integrar o Conselho de Administração da BIAL, e estou entusiasmado por poder contribuir para o avanço científico contínuo da empresa e trazer medicamentos inovadores ao mercado”.

Pierluigi Antonelli tem um percurso de 25 anos na indústria farmacêutica, com experiência nos setores das Biociências, Biológico e de Medicamentos Genéricos. No seu cargo anterior, foi CEO da Angelini Pharma, tendo ocupado funções de liderança em empresas como a Novartis Oncology, a Sandoz, Merck & Co e a Bristol-Myers Squibb, quer nos Estados Unidos, quer na Europa.

Pierluigi Antonelli possui concluiu um MBA na Kellogg School of Management, nos Estados Unidos, e é licenciado em Economia pela Libera Università Internazionale degli Studi Sociali, de Itália.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Prémio de Investigação Noémia Afonso recebe trabalhos até 31 de julho

O Prémio de Investigação Noémia Afonso, promovido pela Sociedade Portuguesa de Senologia (SPS), anunciou a extensão do prazo de envio dos trabalhos até 31 de julho de 2024. A iniciativa tem como objetivo incentivar a cultura científica e fomentar a investigação clínica na área do cancro da mama.

Guadalupe Simões: Quantidade de atos “não se traduz em acompanhamento com a qualidade e segurança que qualquer pessoa deverá exigir”

Esta sexta-feira, Guadalupe Simões, dirigente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, criticou a escolha do Governo de pagar pela quantidade de atos. “Quando o Governo diz que dá incentivos ou que dá suplementos financeiros se fizerem mais intervenções cirúrgicas, se tiverem mais doentes nas listas, se operarem mais doentes no âmbito dos programas do SIGIC, se, se, se, está sempre a falar de quantidade de atos, que não se traduz em acompanhamento das pessoas com a qualidade e segurança que qualquer pessoa deverá exigir”, explicou ao HealthNews.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights