Fábrica de máscaras FFP2 “nasce” em Alcácer do Sal para servir mercado interno

1 de Julho 2020

Uma unidade de produção de máscaras FFP2 está a ser instalada em Alcácer do Sal, no distrito de Setúbal, num investimento português de 700 mil euros para servir o mercado interno, divulgaram esta quarta-feira os promotores.

A fábrica, localizada na zona industrial em Castelo de Arêz, no concelho de Alcácer do Sal, vai começar a produzir em agosto deste ano e poderá “tornar-se na única unidade do género em todo o país”, indicaram à agência Lusa os responsáveis da empresa.

“Vamos ser, possivelmente, a única fábrica com uma linha de produção de máscaras de proteção tipo FFP2 em Portugal e o material para este equipamento vai ser adquirido a uma empresa portuguesa que importa de vários sítios da Europa”, explicaram os investidores.

O projeto, que recebeu financiamento comunitário, na ordem dos 85%, incluiu a aquisição de um armazém, a sua adaptação e a instalação de maquinaria “importada da China” para a produção de “50 mil máscaras a cada oito horas, se tiver matéria-prima suficiente”, adiantou a empresa.

As máscaras FFP2, indicam os responsáveis, “não têm plástico, nem respirador” e garantem “um nível de proteção de cerca de 90%”, sendo “considerado pela legislação, que está desatualizada, como equipamento de proteção individual (EPI)”.

“A nossa legislação está desadequada ao momento que atravessamos, com a pandemia de Covid-19, porque estas máscaras não eram consideradas essenciais para os hospitais e neste momento são extremamente essenciais”, sublinhou.

Um dos desafios “será a exportação”, mas para já a produção será “para o consumo interno”, como clínicas e hospitais.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia promove reunião de Verão em Évora

Nos próximos dias 28 e 29 de junho, a Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV) realizará a sua Reunião de Verão no Hotel Vila Galé, em Évora. O evento é uma oportunidade para dermatologistas e profissionais da área compartilharem conhecimentos, debaterem os últimos avanços na especialidade e fortalecerem laços profissionais

SIM e Secretaria da Saúde dos Açores avançam em negociações para melhorar condições de trabalho dos médicos

Os Sindicatos Médicos e a Secretaria Regional da Saúde dos Açores (SRSA) estiveram reunidos no passado dia 4 para discutir questões relacionadas com condições de trabalho dos médicos na região. Embora a reunião não tenha resultado na implementação imediata de medidas específicas para a melhoria dessas condições, diversos aspetos do processo negocial foram revistos e acordados, prometendo tornar as futuras negociações mais céleres e eficazes.

Preveris é a nova marca de prevenção em saúde

A Preveris, uma empresa do Grupo CUF, resulta da união de duas marcas de sucesso: SAGIES e Atlanticare. Com uma experiência acumulada de mais de 50 anos e o legado de experiência, rigor e confiança do Grupo CUF, esta união representa a soma desse conhecimento, numa nova marca que se coloca ao serviço da prevenção, da saúde e do bem-estar das empresas portuguesas. Operadora líder de mercado no setor da saúde ocupacional em Portugal, a Preveris é responsável por servir 25 por cento das 100 maiores empresas que atuam no nosso país.  

ENSP NOVA e NTT DATA estabelecem parceria para potenciar a inovação em saúde

A Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade NOVA de Lisboa (ENSP NOVA) e a consultora global de negócio e tecnologia NTT DATA fornalizaram esta quarta-feira um protocolo de colaboração que vai permitir impulsionar a formação avançada, o desenvolvimento de investigação e projetos de inovação na área da saúde. O objetivo é promover avanços significativos no setor.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights