Lisboa e Vale do Tejo tem apenas 28% dos médicos de saúde pública do país

1 de Julho 2020

A ministra da Saúde reconheceu esta quarta-feira limitações na área da saúde pública na Região de Lisboa e Vale do Tejo, destacando que os médicos de saúde pública nesta região representam apenas 28% do todo nacional.

“A Região Norte representa 37%. Estamos atentos a estas assimetrias e procuraremos corrigi-la nos próximos concursos”, afirmou Marta Temido, em resposta a questões levantadas pelo deputado Moisés Ferreira (BE).

A governante reconheceu ainda, em resposta à deputada Paula Santos (PCP), a necessidade de alargar e reforçar a formação na área da saúde pública.

Segundo os dados avançados pela ministra, há 363 médicos de saúde publica no país, numa área que tem afetos 298 enfermeiros, cerca de 500 técnicos e cerca de 200 assistentes e assistentes técnicos operacionais.

“Há outras competências para uma saúde pública século XXI que não têm estado representadas e que estamos a tratar, com ligações à academia”, disse Marta Temido, referindo-se, por exemplo, a área como as matemáticas e a sociologia, que considerou “absolutamente vitais” para resposta integrada em saúde publica.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia promove reunião de Verão em Évora

Nos próximos dias 28 e 29 de junho, a Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV) realizará a sua Reunião de Verão no Hotel Vila Galé, em Évora. O evento é uma oportunidade para dermatologistas e profissionais da área compartilharem conhecimentos, debaterem os últimos avanços na especialidade e fortalecerem laços profissionais

SIM e Secretaria da Saúde dos Açores avançam em negociações para melhorar condições de trabalho dos médicos

Os Sindicatos Médicos e a Secretaria Regional da Saúde dos Açores (SRSA) estiveram reunidos no passado dia 4 para discutir questões relacionadas com condições de trabalho dos médicos na região. Embora a reunião não tenha resultado na implementação imediata de medidas específicas para a melhoria dessas condições, diversos aspetos do processo negocial foram revistos e acordados, prometendo tornar as futuras negociações mais céleres e eficazes.

Preveris é a nova marca de prevenção em saúde

A Preveris, uma empresa do Grupo CUF, resulta da união de duas marcas de sucesso: SAGIES e Atlanticare. Com uma experiência acumulada de mais de 50 anos e o legado de experiência, rigor e confiança do Grupo CUF, esta união representa a soma desse conhecimento, numa nova marca que se coloca ao serviço da prevenção, da saúde e do bem-estar das empresas portuguesas. Operadora líder de mercado no setor da saúde ocupacional em Portugal, a Preveris é responsável por servir 25 por cento das 100 maiores empresas que atuam no nosso país.  

ENSP NOVA e NTT DATA estabelecem parceria para potenciar a inovação em saúde

A Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade NOVA de Lisboa (ENSP NOVA) e a consultora global de negócio e tecnologia NTT DATA fornalizaram esta quarta-feira um protocolo de colaboração que vai permitir impulsionar a formação avançada, o desenvolvimento de investigação e projetos de inovação na área da saúde. O objetivo é promover avanços significativos no setor.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights