Desemprego em Espanha continua a aumentar em junho

2 de Julho 2020

O número de desempregados inscritos nos serviços públicos de emprego em Espanha voltou a aumentar em 5.107 pessoas em junho, uma desaceleração em relação a maio, atingindo um total de 3.862.883 espanhóis.

De acordo com os dados revelados esta quinta-feira pelo Ministério do Trabalho espanhol, este número de pessoas sem trabalho não era alcançado desde maio de 2016, e desde a crise de 2008 que o desemprego não aumentava num mês de junho, antes das férias de verão.

O aumento do número de pessoas sem emprego durante os meses mais difíceis da crise provocada pela pandemia de Covid-19 foi de 302.265 em março, de 282.891 em abril e de 26.573 em maio.

Por outro lado, o número de pessoas inscritas na Segurança Social no último dia de junho foi de 18.484.270, o que significa uma diminuição de 99.906 durante esse mês.

O número médio de inscritos, que costuma ser utilizado para medir a evolução do mercado, foi de 18.624.337 em junho, o que representa um aumento de 68.208, o segundo aumento consecutivo depois da queda provocada pela pandemia de Covid-19 em março e abril.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Dois anos depois, acesso ao aborto divide Estados Unidos ao meio

A decisão do Supremo Tribunal dos Estados Unidos de revogar o direito federal ao aborto, tomada há dois anos, dividiu profundamente o país no que diz respeito ao acesso a cuidados de saúde. Atualmente, em 21 estados norte-americanos, o procedimento é ilegal ou restrito.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights