Três detidos por desobediência em convívio com mais de 20 pessoas em Elvas

3 de Julho 2020

A PSP deteve um homem e duas mulheres por desobediência, em Elvas (Portalegre), na sequência de um convívio na via pública que envolveu mais de 20 pessoas, em tempos de pandemia de covid-19. Segundo um comunicado do Comando Distrital de Portalegre da PSP, enviado à agência Lusa, as detenções ocorreram na madrugada de quarta-feira, quando […]

A PSP deteve um homem e duas mulheres por desobediência, em Elvas (Portalegre), na sequência de um convívio na via pública que envolveu mais de 20 pessoas, em tempos de pandemia de covid-19.

Segundo um comunicado do Comando Distrital de Portalegre da PSP, enviado à agência Lusa, as detenções ocorreram na madrugada de quarta-feira, quando um grupo composto por mais de 20 pessoas promoveu um convívio na via pública, na cidade raiana.

A PSP relata que, face ao estado de alerta em vigor, no âmbito da pandemia de covid-19, a iniciativa obrigou à intervenção da Divisão Policial de Elvas, com o emprego de vários meios, por forma a fazer cessar o convívio.

“O facto de a ordem da PSP não ter sido acatada por todos originou a detenção de três indivíduos: um do sexo masculino e dois do sexo feminino, pela prática do crime de desobediência”, refere o comunicado.

Na intervenção, segundo a polícia, foram apreendidos vários objetos que se encontravam na via pública e estavam a ser utilizados pelos participantes na iniciativa.

De acordo com a PSP, os três detidos, com idades entre os 21 e os 39 anos, foram libertados e notificados para comparecerem no tribunal, estando a decorrer o inquérito criminal.

Portugal contabiliza pelo menos 1.587 mortos associados à covid-19 em 42.782 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

NR/HN/Lusa

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Dois anos depois, acesso ao aborto divide Estados Unidos ao meio

A decisão do Supremo Tribunal dos Estados Unidos de revogar o direito federal ao aborto, tomada há dois anos, dividiu profundamente o país no que diz respeito ao acesso a cuidados de saúde. Atualmente, em 21 estados norte-americanos, o procedimento é ilegal ou restrito.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights